• Postado por Tiago

Traste confessou participação no assassinato de Luiz Fernando

A puliça terminou ontem a investigação da morte de Luiz Fernando dos Campos Reis, 18 anos, assassinado na saída da Festa da Lama, nos Cordeiros, em junho de 2008. Os tiras da Central de Operações Policiais (COP) de Itajaí enjaularam William Ricardo de Oliveira Lima, 26.

O malaco dirigia a cabrita em que tava o atirador Maicon Ribeiro dos Santos, que matou Luiz Fernando com cinco balaços à queima-roupa. A vítima foi surpreendida pela dupla quando deixava a festa.

O crime rolou na madrugada do dia sete de junho do ano passado, no Votorantin, nos Cordeiros. Em maio deste ano, a COP prendeu Maicon, que é acusado de ter puxado o gatilho da arma que deu cabo da vida de Luiz. Com Maicon preso, os tiras descobriram que William dirigia a cabrita usada na noite do crime.

O bandidinho foi surpreendido pelos policiais na manhã de ontem, na baia em que mora na rua Enedina D´avila Ferreira, nos Cordeiros. Ele confessou ter ajudado o parceiro a matar a vítima e tá preso na cela da COP, enquanto a ordem de prisão não chega. Além do crime da lama, o carinha também tem passagem por furto e tráfico.

Na noite do crime, a dupla armou uma tocaia para Luiz Fernando. O coitado tava deixando a festa quando viu uma motoca caída na beira da estrada. Quando foi ajudar os malacos, tomou os cinco balaços e morreu na hora.

  •  

Deixe uma Resposta