• Postado por Tiago

A safadeza do traficante Clayton Luis Maddalosso, 27 anos, o popular Cabelo, chegou ao fim na tarde de ontem. Depois de monitorar o cara por quatro meses, os policiais civis da central de investigação colocaram a mão no chefão do tráfico de maconha e crack no Morro da Pedra, bairro das Nações, em Balneário Camboriú. O bandido tinha até filial do comércio de drogas na cidade de Videira, no meio-oeste do estado, a quase 400 quilômetros da Maravilha do Atlântico.

Cabelo tava ontem, por volta das 16h, batendo um papo com um amigo no quiosque 14 da avenida Atlântica, pertinho da praça Almirante Tamandaré, na beira da praia, quando os policiais chegaram dando o guenta.

O bandido, que já tem passagem por tráfico de drogas, tava pedido pela justa da comarca de Videira. O malaco tava prevendo que a boca iria por água abaixo em Balneário Camboriú e tratou de expandir os negócios pro meio-oeste, onde sua irmã morava.

Cláudia Aparecida Maddalosso, 22, que tocava a boca de Videira, também já tá em cana. A mana do Cabelo foi presa segunda-feira pela polícia militar com 1,3 quilos de crack e 300 gramas de maconha. As investigações sobre a boca de Cabelo no Morro da Pedra continuam.

  •  

Deixe uma Resposta