• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA---PAGINA-SEIS---DIVULGAÇÃO

Trio armou pra cima de pedreiro depois de passar a noite num rala-teta das Piçarras

Uma operação conjunta dos tiras de Balneário Piçarras e de Indaial terminou com os dias de liberdade de Luís Carlos dos Santos, 25 anos, Luciano Amaral dos Santos, 24, e Josimar Orides Fernandes, 22. O trio é acusado de matar, a marteladas, o pedreiro José Leonor Ayroso, 48, morador das Piçarras, no dia 29 de março. O corpo do coitado foi encontrado em Indaial, no médio Vale do Itajaí, ali bem pertinho de Blumenau. Os três são acusados de latrocínio (matar pra roubar). Na depê, Luciano e Josimar assumiram o crime, mas alegaram que tavam manguaçados na hora da crueldade. Já Luís, disse que só vai falar na presença de um advogado. Os três foram levados para Indaial.

Os assassinos moram nas margens da rodovia estadual, que liga o centro da capital do marisco à BR-101, a famosa variante da Penha, e conheceram a vítima no dia do crime. Depois de passar a noite num balança teta, o trio pegou carona com José, mas no meio do caminho resolveu dar cabo da vida do coitado.

As prisões rolaram na Penha e em Balneário Camboriú. Por volta das 8h, a puliça guentou os irmãos Luís e Luciano em casa, na rua Osório Domingos Corrêa, em Penha. Josimar é vizinho da dupla, mas na hora em que a polícia pintou por lá, tava acompanhando a mulher, que está grávida, a Balneário Camboriú, onde tinha ido fazer uns exames.

O traste foi preso às 15h, perto do posto Tigrão, na BR-101, em Balneário. A investigação chegou até o trio depois de bizolhar as imagens da câmera de segurança de um posto de gasosa em Indaial, onde eles deram uma paradinha.

O assassinato

No dia 29 de março, José foi aproveitar a noite no bailão do João, em Piçarras, onde conheceu os três jovens. Como o coitado tinha um Chevette, na saída da festança resolveu dar carona pros assassinos. Ao chegar à BR-101, os bandidos amarram José e o jogaram no porta-malas. Com o pedreiro amarrado, os trastes foram até Indaial, onde resolveram matar o pedreiro.

A polícia descobriu que Josimar segurou José e os companheiros se encarregaram de dar as marteladas que tiraram a vida do coitado.

O corpo do pedreiro foi encontrado na rua Palotina, bairro Encano do Norte, em Indaial, jogado no mato, numa região conhecida como Vale das Bonecas. Luís, Luciano e Josimar fugiram levando um celular, R$ 400 e o Chevette, que foi encontrado pela puliça em Indaial.

  •  

Uma Resposta to “Preso trio morador da Penha que matou pedreiro a marteladas”

  1. venicius Diz:

    esse mesmo trio me roubou e tentou me matar bem proximo ao bailao do joao, faz uns 2 meses atras, eu estava voltando do bailao do joao ja pela madrugada quando fui abordado pelos trastes que me pediram cigarro, quando me aproximei 1 deles me segurou e os outros dois meteram a mao no meu bolso levando celular e grana, mesmo assim 1 deles tentou me sufocar, mas por sorte consegui dar um soco nele e gritar por socorro, foi ai que ele me largou e seguiu os outros dois correndo pela rua e sumiram nas ruas proximas ao bailao do joao. eu acabei nem dando quixa na policia pois pensei que eles nem fossem daqui, e não seria facil pega-los. mas fico feliz em ter escapado com vida, sinto pelo pedreiro que nao teve a mesma sorte e espero que eles apodreçam na cadeia. tel 96053644

Deixe uma Resposta