• Postado por Tiago

Bandidos tavam com arma de uso exclusivo do exército

Dois ladrões de plantão foram em cana em Balneário Camboriú depois de meter um assalto a um comércio. A dupla caiu pelas 21h de quarta-feira, logo depois de atacar o mercado Ouro fino, na rua Dom Henrique, no bairro Vila Real. Os bandidos fugiram levando R$ 875, dinheiro do caixa do mercadinho e da carteira de uma cliente. Com os bandidos foi encontrada uma pistola de uso exclusivo do exército brasileiro.

Os meganhas em rondas grampearam Sérgio Luís Santos, 24 anos, e P. E de S., de 17, na rua Agrolândia, no bairro dos Municípios. Eles estavam a bordo do Uno, placa AJQ 6621 (Balneário Camboriú). A fuga dos mequetrefes foi interrompida pelos milicos com um tiro certeiro no pneu traseiro. Eles perderam o controle do possante e foram obrigados a se entregar.

Os fardados encontraram no carro a pistola Bereta 9 milímetros, que pertence ao exército brasileiro. Como não tinham porte pra andar pelaí com o berro, receberam o teje preso por porte ilegal. Pra piorar, os espertalhões foram reconhecidos por R. L. V., 22, como sendo os que meteram o assalto no mercadinho minutos antes.

A perseguição aos malacos começou depois que o comerciante pediu ajuda a uma baratinha da polícia, que tava fazendo rondas na região. A vítima afirma que a dupla entrou no mercado de arma em punho e anunciou o assalto.

Os bandidos mandaram o comerciante abrir o caixa, de onde tiraram R$ 791,80. Como se não bastasse, apontaram o trabuco para a cliente R. M. D., 27, que fazia compras. A coitada ainda foi obrigada a entregar os 85 reais que tinha na carteira. Com a grana no bolso, os bandidos saíram em disparada.

Com o flagrante, Sérgio e o dimenor foram levados pra delegacia. O maior de idade ganhou uma vaga no xadrez por assalto. Já o gurizote foi encaminhado pra bater um papo com a juíza da comarca. A dotora vai decidir se o trastemirim irá pagar pela bronca atrás das grades em algum centro de internação provisório (CIP) da região. Pelas informações repassadas pela puliça, apesar da pouca idade, o moleque de 17 anos já carrega três broncas no lombo por assalto.

  •  

Deixe uma Resposta