• Postado por Tiago

Foi na cagada que a polícia rodoviária federal (PRF) flagrou na madruga de terça-feira um carregamento superior a 50 mil maços de cigarros. A carga tava socada dentro de três carangos pegos na BR-282, na região de Rancho Queimado, na Grande Floripa.

Os irmãos Sandro Luiz dos Santos e Carlos César dos Santos, que moram em Criciúma, e Adenilson Ferrari, de Foz do Iguaçu, tão de moradia provisória na sede da polícia federal da capital. Os três têm passagem pela polícia e os irmãos já puxaram cana por crime de contrabando.

O inspetor Vilson Bossei, da assessoria de imprensa da PRF, disse que a carga pode ser a maior já apreendida nas rodovias federais na Santa&Bela nos últimos anos. “A princípio, acredita-se que Ferrari tenha sido pago para trazer um dos carros. O destino da carga era a cidade de Criciúma”, afirmou o policial.

O Zafira, o Fiat Stillo e o Vectra usados pra transportar os cigarros made in paraguay tavam socadinhos. Até o banco dos passageiros foi retirado dos carangos pra caber mais maços. “Eles foram pegos porque a operação estava armada numa localidade onde não há sistema de telefonia. Logo, o batedor deles não conseguiu avisar da presença da polícia”, acrescenta Bossei.

Tanto os cigarros quanto os carros tão sob a responsa dos federais.

  •  

Deixe uma Resposta