• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-22---handebol-jei---foto-felipe-VT

São José derrotou o Fayal na categoria infantil

O favoritismo de São José e Univali no handebol existia antes mesmo de a bola rolar nos jogos Escolares de Itajaí (JEI). Quando as disputas começaram, na manhã de ontem, aí mesmo que os dois colégios mostraram que vai ser duro batê-los. No primeiro jogo do dia, logo o clássico contra o Salesiano, o time feminino mirim das freiras venceu por 11 a 2, pouco pro que iria rolar mais tarde. Apenas nas partidas entre colégios particulares, que dão uma estrutura melhor, o São José também atropelou o rival Salesiano no masculino mirim, ao fazer 16 a 2. Ainda no masculino, mas na infantil, a galera das freiras continuou bem, dessa vez em cima do Fayal, 17 a 9.

O predomínio até parece fraqueza dos adversários, mas o motivo de tantas vitórias é explicado pela técnica Cláudia Monteiro, do São José. ?É trabalho, só isso que posso falar?. A superioridade de suas equipes também se deve ao investimento. ?Não é só chegar e vir pro campeonato, é preciso investimento. As modalidades devem construir sua história?, diz Cláudia.

Pouca gente, muitos títulos

Privilegiado por contar com a estrutura da universidade, o time da Univali também mandou bem em sua estreia. Forte no basquete, o Salesiano parece mesmo freguês dos principais rivais no handebol. Além de perder pro São José, o colégio dos padres continuou perdendo pra Univali, que fez 16 a 4 no feminino e 14 a 7 no masculino, ambos na infantil.

Mesmo com vários títulos, o técnico da Univali, Drean Farencena, reclama do número de alunos que tem. ?O São José tem mais estrutura, é tradição há 20 anos. Montei o trabalho na Univali pra incomodá-los, mas tenho a metade de alunos deles?, fala. O destaque negativo do dia ficou por conta da Olímpio Falconieri, que levou 62 gols e marcou só um em três jogos.

A famosa mãe coruja

Nas arquibancadas sempre há espaço pros pais dos atletas, que apoiam seus filhos se esgoelando. Mãe de Gabriel, atleta de handebol do São José, Andréa Lopes Sampaio tá em todas. ?Não faltei nenhum campeonato. Já fui pro Paraná, Mato Grosso… Tinha época que só mudava filho e mala?, conta ela, citando seu filho mais velho, que não joga mais. Presente na conquista do brasileiro, em Vila Velha/ES, agora Andréa quer acompanhar o time no mundial, em Portugal. ?As melhores viagens são com eles?.

Primeiros ouros

Os primeiros troféus de campeão do JEI 2009 saíram ontem, no xadrez feminino. Na categoria mirim, o ouro foi pra Olímpio Falconieri, que aí sim fez bonito, seguido de Fayal e Arnaldo Brandão. Na infantil, melhor pra Univali, que ficou à frente de Henrique Midon e Arnaldo Brandão. Já na juvenil, o primeiro lugar foi pra Henrique Midon, com Univali e Salesiano atrás. Nesta quarta-feira, às 9h, o destaque é o atletismo feminino, que rola na pista municipal. Os troféus vão sair em 16 provas diferentes.

  •  

Deixe uma Resposta