• Postado por Tiago

A procuradoria de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Itajaí tá fechando acordos pra 185 clientes lesados pelas autoescolas Mathias, que fica na rua Gil Stein Ferreira, Hapha, na avenida Joca Brandão, e Raphá Cunha, do São Viça. Os clientes vão receber 80% do valor que tinham pago antes das três empresas serem lacradas, em junho, pelo Detran da Santa & Bela.

O procurador Rodrigo Bucussi disse que a Hapha tá com quase todos os acordos fechados. Trinta clientes da empresa foram à Procon. Na Raphá Cunha, 40 pessoas tão tentando fazer o acordo. Na autoescola Matias, onde há 115 reclamações, a Procon dividiu os casos por lotes e o proprietário tá quitando um de cada vez, começando pelos mais baratos, já que ele alega estar sem grana pra pagar tudo numa tacada só.

Ninguém é obrigado a fazer o acordo através da Procon. Quem quiser pode entrar com um processo judicial. “Esta opção serve pra que os clientes recebam pelo menos uma parte do que gastaram o mais rápido possível. Um processo judicial, nestes casos, pode levar de 15 a 20 anos pra receber sentença e o empresário pode nem ter mais patrimônio pras indenizações”, explica o procurador.

Com o perrengue nas três autoescolas, as outras começaram a cobrar uma nota preta pra prestar o serviço ao pessoal que foi passado pras trás. De acordo com o procurador, a Procon fez um acordo pra que estas empresas cobrem o valor mínimo dos serviços e ainda deem um desconto de 10% pros clientes que tinham sido lesados pelas autoescolas picaretas.

  •  

Deixe uma Resposta