• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA----SEIS-ABRE--ABRE---DIVULGAÇÃO

Maconha tava na lista das drogas mais vendidas pelo profe de educação física

Rafael Fiamoncini, 38 anos, e a muié, Eide Santos, 22, foram grampeados ontem de manhã na capital manezinha com ecstasy, maconha e cocaína. O casal foi preso em casa enquanto vendia droga pra um viciado. Rafael já tinha caído por tráfico uma vez e chegou a ficar sete meses preso.

O trafica tava sendo investigado pelo departamento de repressão a entorpecentes (DRE) da Deic. O cara é professor de educação física e dava aula em academia. Apesar da atividade como professor, Rafael era famoso por vender ecstasy em festas rave nas horas vagas.

Na casa do cara no Campeche, sul da ilha, a polícia encontrou 10 comprimidos de ecstasy, dois papelotes de cocaína e três porções de maconha. Graças a uma mensagem deixada no celular, os policiais descobriram que ele também vendia skunk, um tipo de maconha produzido em laboratório e mais forte. Como Eide ajudava o marido no esquema, foi parar na depê também.

Na Palhoça, policiais em ronda no bairro Ponte do Imaruim guentaram um adolescente com 251 pedras do dêmo. O guri de 17 anos foi pego no flagra quando vendia porcaria na Servidão das Crianças.

O dimenor é conhecido da polícia e um dos principais traficantes de crack da região. Ele foi encaminhado para a delegacia do menor na capital.

Quadrilha

Em outra operação, os milicos prenderam um bando que tava aprontando na capital manezinha. Os malacabados agiam na região continental. Os jaguaras foram reconhecidos por uma vítima e acabaram indo em cana.

A vítima, que não teve o nome informado pelos homis, teria relatado que o assalto rolou quando tava andando, diboa, pela rua Dib Cherem, e foi supreendida pelos bandidos numa caranga branca. Eles roubaram sua mochila e deitaram o cabelo.

O carro foi encontrado pelos milicos pertinho do cachorro quente do Tampa e dentro dele tava a mochila da vítima e Chanderlo Firolini, 19 anos, levado pra depê.

Como foi grampeado em flagrante o muy amigo resolveu dedurar os comparsas, que acabaram presos: Luiz Zomer, Willian Anderson de Souza e Lucas Heiderscheidt.

  •  

Deixe uma Resposta