• Postado por Tiago

Com a leitura pública do texto “A romaria da Trindade”, do poeta simbolista Cruz e Sousa, escrito em 1887, e do artigo “É tempo da divina Festa do Divino”, assinado pela professora Lélia Pereira Nunes, o projeto Cidade Contada promoverá um diálogo sobre a importância dos festejos regionais na memória afetiva do município.  A promoção, que tem apoio do Ministério da Cultura (Minc), será realizada nesta terça-feira (14), às 19h, na Casa da Memória, dentro das comemorações do aniversário da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes (FCFFC).

Junto com a leitura dos contos são também realizadas projeções de material audiovisual (fotos, músicas ou documentos históricos do acervo da Casa da Memória) referentes ao tema enfocado pelos textos.  O evento acontece uma vez por mês, numa promoção da Casa da Memória / FCFFC.

Sobre a Festa do Divino Espírito Santo

Comemorada durante as Festividades de Pentecostes (50 dias após a Páscoa), a Festa do Divino Espírito Santo é uma manifestação popular que une a espiritualidade e o folclore, para agradecer ao Espírito Santo os dons e graças recebidas durante o ano anterior.  Em Santa Catarina, a festa acontece em mais de 50 municípios que tiveram a influência açoriana.  Com seus símbolos e rituais, a festa apresenta um conjunto de eventos que se articulam entre si, envolvendo cerimônias religiosas e ritos sacro-profanos.

O evento, realizado desde o século 18, varia conforme a tradição de cada comunidade, mas em geral abrange novenas, tríduos, missa solene com coroação, Te-Deum e bênção; procissão do séquito imperial e folguedos populares; apresentação de bandas, shows musicais, bailes, barraquinhas, bingos, leilões e foguetório; périplo da Bandeira do Divino .

A Casa da Memória / FCFFC fica na rua Padre Miguelinho nº 58 – Centro. A entrada é gratuita.

  •  

Deixe uma Resposta