• Postado por Tiago

CAPA-BASE-estudantes-univali---foto-Felipe-VT-00

Bolsas da prefa beneficiam 180 alunos da Univali

O vereador Níkolas Reis (PT) propôs na câmara um projeto de lei pra regulamentar as bolsas de estudos pra galera carente que faz faculdade em Itajaí. O problema é que a regulamentação deixa de fora os alunos que cursam o ensino à distância. Pra piorar a situação, o parlamentar disse que não sabia que o projeto tinha essa proibição, porque não chegou a ler a proposta, que é uma cópia de um decreto do ex-prefeito Volnei Morastononi (PT).

Níkolas explicou que quer transformar o decreto de 2006 em lei para dar segurança aos estudantes. ?Foi uma simples cópia do decreto?, disse. Ele confessa que não sabia que os cursos à distância ? que são mais os baratos e escolhidos pelos universitários com menor renda ? ficariam de fora na disputa pelas bolsas. ?Eu nem lembrava deste ponto do decreto?, fala.

Mesmo acreditando que a matéria não será aprovada, o vereador afirma que pode até fazer alguma mudança se for o caso. ?Podemos até incluir o ensino à distância também. Por que não??, lascou.

Além disso, Níkolas diz que a intenção é também modificar a entrega das bolsas, fazendo que seja cumprida a regra que estabelece a comprovação de renda para ser beneficiado. ?Antes as bolsas eram concedidas politicamente e muitos que realmente precisavam ficavam de fora?, disse.

A coordenadora de bolsas da Univali, Íris Eliane Becker, acredita que essa situação precisa ser melhor estudada. Segundo ela, o número de alunos do ensino à distância pode ser infinito e não é possível saber aos certo o município onde os estudantes moram. ?Temos que ter muito cuidado com este tema?, alertou. A prefeitura dá atualmente cerca de 180 bolsas de estudo para universitários da Univali, repassando mensalmente quase R$ 25 mil.

Os benefícios

Para receber a bolsa de estudos, segundo o projeto, o universitário tem que morar em Itajaí, não ter renda pessoal ou familiar superior a seis salários mínimos e não ter nenhuma outra ajudinha do governo pros estudos. Pra receber a graninha, o estudante tem que se cadastrar na secretaria da Criança, Adolescente e Juventude.

  •  

Deixe uma Resposta