• Postado por Tiago

Em reunião na manhã de hoje, 5, na sede da CDL/Sincomércio, o assunto foi mais uma vez a fragilidade da segurança na Santa & Bela. O crescimento dos índices de violência em Balneário Camboriú tá deixando de cabelo em pé a galera presente. 

O presidente da CDL, Altamir Osni Teixeira, relatou as ações do Conseg de Balneário Camboriú. “Nossas manifestações são antigas. Muito já foi feito, e pouco temos como retorno de nossas reivindicações. Nossas manifestações a partir de agora irão seguir um cronograma, com ações pontuais e planejadas. Todos os setores da cidade estão sendo afetados, construção civil, comércio, imobiliário, taxistas, hotelaria, etc. Nós estamos de luto pela insegurança. É hora de convocar todos para essa causa”, relatou Teixeira. 

O presidente do SINCOMERCIO, Anésio Fenner, comentou sobre a Audiência Pública que aconteceu na Câmara de Vereadores de Balneário Camboriú, na noite de ontem, segunda-feira, 4. “Na fala do secretário de Estado de Segurança Pública, Ronaldo Benedet, ficou claro que o Estado pouco faz em relação a nossa segurança. Promessas mais uma vez evasivas, discurso pautado em questões políticas, desconhecimento por parte do nosso secretário no que diz respeito a números, promessas que são feitas há mais de seis anos, e que nunca saíram do papel já não nos convence mais. É preciso que haja ações concretas. Estamos indefesos e  nossa voz precisa ser ouvida”, desabafou Fenner. 

Cronograma de ações 

PASSEATA – Foi definido um cronograma de ações que serão desencadeadas nos próximos dias em Balneário Camboriú. A primeira delas será a Caminhada pela Segurança, que vai reunir, na próxima quinta-feira, empresários, lojistas, líderes sindicais, representantes da sociedade civil organizada, imprensa e comunidade. A concentração será na praça Almirante Tamandaré, a partir das 10h. Os manifestantes irão vestir camisetas pretas, simbolizando luto pela insegurança. Faixas e cartazes levarão mensagens de apelo às autoridades. 

REUNIÃO COM MINISTÉRIO PÚBLICO – A segunda ação será uma reunião com todos os Promotores de Justiça de Balneário Camboriú. Os representantes das entidades levarão ao Ministério Público seus relatos, ações já realizadas, relatórios e também suas reivindicações. A data para esta reunião ainda não foi definida.

CARREATA – Ficou definida também uma carreata até Florianópolis nos próximos meses, caso o governo do Estado não realize ações concretas em segurança pública na cidade de Balneário Camboriú. 

  •  

Deixe uma Resposta