• Postado por Tiago

Uma quadrilha de fedelhos que fazia assaltos-relâmpagos na Palhoça foi enjaulada na noite de domingo. Depois que os tiras da depê receberam a denúncia de três raptos praticados pelo bando, todos muito parecidos, pegaram duas meninas e quatro gurizões em flagrante, esperando uma quarta vítima. Em três ações, eles embolsaram três mil mangos, um computador, joias e celulares.
Os raptos rolaram nos últimos dias na região do bairro da Bela Vista. A quadrilha era comandada por Tiago da Mota Goulart, 19 anos, e por mais três guris de 16 anos e duas meninas de 15.
As garotas atraíam as vítimas pra cilada. Elas ficavam num trevo da BR-101, bem cocotas, fingindo que tavam fazendo ponto. Quando o motora parava pra negociar o preço da bimbada, os bandidinhos saíam de trás da moita e rendiam o dono do carro. Eles embarcavam na caranga e levavam o refém para um passeio. Enquanto isso, esvaziavam o carro de tudo que fosse de valor.
Os trastes apontavam duas armas pra cachola da vítima. Quando foram presos, a polícia encontrou um trezoitão e uma pistola, calibre 22. Três vítimas apareceram pra dar queixa na depê de Palhoça.
O bando foi conduzido pra delegacia da Palhoça, onde confessou todos os crimes. Nas ações, roubaram R$ 3 mil em dinheiro, um notebook, joias, relógios e celulares.

  •  

Deixe uma Resposta