• Postado por Tiago

INTERNA-POLÍCIA-PÁGINA-SEIS----ABRE-assaltantes-presos---foto-Felipe-VT-66

Grupo é acusado de meter outros assaltos na região

Os tiras da central de Operações Policiais (COP) de Itajaí guentaram na madrugada do domingo uma das quadrilhas mais perigosas da região. Seis pessoas foram enjauladas, entre elas um dos chefes do bando. O grupo é acusado de meter o assalto na lotérica do Angeloni, quando chegou a jogar uma granada que não detonou, em agosto. No assalto, pelo menos quatro bandidos usando toucas ninjas (aquelas em que só os zoio ficam de fora), armados de metralhadoras e pistolas, levaram cerca de R$ 80 mil da lotérica que funciona dentro do supermercado na noite do dia 31 de agosto.

A casa começou a vir a baixo quando os tiras descobriram que a quadrilha tava se preparando para assaltar o dono de um posto de combustível da Barra Velha. Cerca de 20 policiais da COP de Itajaí, de Floripa, da primeira depê, policiais da força-tarefa que tá instalada em Navega e até o helicóptero foram utilizados na operação.

Os bandidos se mandaram antes da chegada da polícia, em uma fuga cinematográfica pela BR-101 em direção a Itajaí, a bordo do Siena, placa MEY 7998 (São José), e do Peugeot 206, placa MAM 5132 (Itajaí). Os bandidos chegaram a trocar tiros com a polícia na avenida Adolfo Konder, no bairro São Vicente, mas ninguém ficou ferido no tiroteio.

Como a polícia sabia que o esconderijo da quadrilha ficava numa baia da rua Erotides da Silva Fontes, no loteamento Nilo Bitencourt, no Rio Bonito, baixaram na casa. Dito e feito. Na casa foram guentados Walter de Souza Vieira, 38 anos, Thiago Pacífico de Medeiros, 19, Clederson Babinski, 23, Neemias Chagas, 35, e o dimenor G.A.R.V., 16. O chefão do bando, conhecido com Valdemir Erico dos Santos, o ?Denis?, conseguiu fugir do cerco. O malaco foi preso há dois meses em Camboriú com carros clonados e tava na liberdade condicional.

Bandidos tavam com arsenal

Na baia dos bandidos foi encontrado um verdadeiro arsenal. No local tinha um fuzil 7,62 com dois carregadores, uma metralhadora de fabricação italiana nove milímetros, três pistolas – sendo uma israelense de uso exclusivo das forças armadas, um revólver calibre 38, três coletes a prova de balas, toucas ninjas, inclusive uma do Homem-Aranha, e jaquetas do comando de Itajaí(CDI), uma facção criminosa, divulgada pela primeira vez pela puliça. Os bandidos tinham também dezenas de miguelitos, usados para furar pneu de carangos, quando jogados no meio da rua.

Foram encontradas ainda cinco edições do DIARINHO dos meses de julho, outubro e novembro. A polícia acredita que os putos guardavam o jornal com os crimes que cometeram como troféu. Agora, o jornal mais quente do sul do mundo vai ajudar no restante das investigações, porque a polícia vai conferir os crimes que foram publicados naquelas edições.

Mais um!

No final da manhã, depois do bando ser levado pra celinha da depê, os tiras partiram atrás de mais um maldito que pertencia à quadrilha: Ricardo Correa de Araújo, 21, o Gago, que foi preso numa baia da rua Pedro Joaquim Vieira, no Dom Bosco.

  •  

Deixe uma Resposta