• Postado por Tiago

A polícia Civil de São José investiga um caso escabroso que rola na cidade desde maio. Na noite de domingo, foi encontrado mais um corpo no lixão do bairro Potecas. O local já é considerado o novo ponto de desova da região. Na noite de domingo quem foi encontrado morto foi Robson Fidélis, 29 anos.

O primeiro crime no local este ano foi em 1º de maio, quando Marco Rangel Joaquim foi encontrado apagado por ali. Em 23 de junho, foi executada a tiros e jogada no local a Patrícia Santos Silva. Na semana passada, no dia 29 de junho, quem foi encontrado morto no lixão foi o Tyson Adilson de Souza. A polícia ainda não sabe se estes crimes têm alguma ligação ou se os vadios resolveram achar que o local é o novo cemitério a céu aberto. A polícia ainda não tem pistas dos autores dos crimes.

O cara foi morto com um tiro na cara. O estranho na história é que a pochete do morto com documentos e dinheiro foram encontrados no local. O único objeto da vítima que foi levado foi o capacete. Robson também não tinha passagem pela polícia e até os documentos da motoca tavam em dia.

  •  

Deixe uma Resposta