• Postado por Tiago

“Bom dia a todos do DIARINHO Sobre a matéria referente à mudança na Lei do Inquilinato, edição de 23/10, temos a expor:

a) Num primeiro momento dá-se a impressão que o locatário ficará fragilizado perante o risco de despejo, todavia, colocadas em prática tais mudanças, uma das consequências será sem dúvidas o aumento na oferta de imóveis para locação, portanto, o locatário despejado terá opções em abundância.

b) Tais mudanças não passarão de mera utopia aos proprietários de imóveis para locação caso não haja uma ampla reforma em nosso judiciário. O sistema está emperrado, faltam profissionais pelo excesso de processos a serem julgados. Perguntem a juízes e promotores. Esta agilidade nos processos não virá como num passe de mágica!

c) Junto com estas “novidades”, bem que se poderia ser criado o SEPROGEL – Seproc do Aluguel Nacional, onde proprietários e imobiliárias fariam as devidas e necessárias consultas. O SEPROGEL seria uma entidade específica para registro dos maus pagadores nas relações locatícias.

d) Auxiliando no aumento de oferta de imóveis para locação, bem que poderia o “leão” diminuir sua boca junto aos proprietários, tanto durante a locação quanto na aquisição comprovada de imóvel para exclusivamente locação.

Acredito que o mais importante e louvável é a senadora Ideli que, depois de muito tempo, tem coragem e preocupação em tratar de assunto tão polêmico.

IMOBILIARIA TRADIÇÃO”

Reinaldo Tolentino de Souza –

Corretor de Imóveis

(Transcrito Ipsis Litteris)

  •  

Deixe uma Resposta