• Postado por Tiago

INTERNA_10_abre-esquerda_quer-saber-mata-beira-rio_foto-luz-clarita-(2) INTERNA_10_abre-esquerda_quer-saber-mata-beira-rio_foto-luz-clarita-(6)

Detonada em dezembro, a mata da Beira Rio ainda não foi recomposta

Roberta Santana, 30 anos, passa todos os dias pela avenida Ministro Victor Konder, a Beira Rio, no centro de Itajaí, e se depara com um desmatamento ocorrido em dezembro no matagal às margens do Saco da Fazenda. Pra ela, o desmatamento enfeia o passeio, que considera um dos cartões postais da cidade. Por isso, Roberta quer saber:

?Quando a mata será reflorestada??

Jonas Pereira, diretor de fiscalização da fundação de Meio Ambiente de Itajaí (Famai), dá uma boa notícia para Roberta. A partir desta semana a vegetação nativa começa a ser replantada no local.

A Famai, informa o bagrão, ainda não sabe quem foi o responsável pela sacanagem. Jonas garante que os fiscais tão monitorando o local constantemente pra que ninguém mais destrua o matagal das margens do Saco da Fazenda.

Relembre

O desmatamento fica em frente à imobiliária Via Imóvel. Em dezembro, dois homens passaram veneno no local e detonaram a vegetação nativa. Na época dois leitores do DIARINHO presenciaram a ação e meteram a boca no trombone. A ação foi feita às 6h da matina. Os malacos só pararam quando duas mulheres ameaçaram chamar a polícia. Eles fugiram numa Brasília, mas as testemunhas não conseguiram anotar a placa.

  •  

Deixe uma Resposta