• Postado por Tiago

O resultado do falatório que rolou esta semana na câmara de vereadores de Balneário Camboriú, sobre a circulação dos busões de turismo pelas ruas da city, é no mínimo preocupante pra quem costuma tirar o possante da garagem. Empresários que enchem os bolsos de dindim com a turistada fizeram coro a favor da liberação dos monstrengos e a alternativa encontrada pela prefa foi empurrar a discussão por mais um tempo.

Quem conduziu o blábláblá foi o gestor do fundo municipal de trânsito (Fumtran), Jaime Mantelli, que decidiu jogar pro conselho municipal de turismo (Comtur) a responsa de reavaliar as rotas. Só que o conselho é formado por 17 entidades ligadas ao turismo que, em tese, têm interesse na circulação dos latões pelo centro.

O resultado preocupa quem é obrigado a se enfiar no trânsito atravancado da Maravilha do Atlântico, como o taxista Edson Luiz dos Santos, 39 anos, que faz ponto na avenida Central. “Acho que isso deve ser muito bem pensado. De manhã, até vai. Mas de tarde não tem condições, para tudo”, diz.

Ele cita como exemplo o congresso dos gideões que tá rolando agora em Cambu. Como os crentes curtem dar umas bandas pelo Balneário de ônibus, o trânsito fica difícil. “Uma corrida de 20 pilas chega a demorar uma hora porque fica tudo parado. Não compensa”, reclama o taxista.

Pra presidente do sindicato dos hotéis, Karina Petters, tem que ter critérios. “É importante que circulem, mas com guias, rotas estabelecidas e respeito à legislação. Mas não é só o ônibus de turismo que atrapalha o trânsito. O Bondindinho e o transporte coletivo também”, opina Karina.

Até que o Comtur decida como vai ordenar as rotas dos latões – eles têm um ano pra avaliar o caso, os motoras deverão seguir as regras que existem hoje pra despejar os visitantes no Balneário. Ao todo são cinco rotas para cada hotel e atualmente existem cerca de 100 hotéis na city. Ou seja, quase impossível de fiscalizar o trânsito dos latões.

  •  

Uma Resposta to “Querem liberar busões de turismo no Balneário”

  1. cambc Diz:

    Alo Tiago…Pelo teor desta Notícia, posso dizer que VC com certeza nã teve nesta Audiência Pública e com não sabe ao certo o que ali rolou e muito meno o que ali foi discutido… ESt totalmente por fora… Olha os Onibus vão CONTINUAR de Turismo vão rodando na nossa Cidade SIM, mas a partir de então de forma ORDENADO, seguindo ROTAS pré-estabelecidades contendoo a implementação dpo acompanhamento de Monitores que a partir do “PIT-01” vão ser acompanhados atré o seuy Hotel de destino… Quando mais e uma destino estes deverão se dirigir à Rodoviária, sendo que ali será instalada uma sala VIP para recepcionar o Turista sendo que dali os Hoteis deverã se encaregar de conduzir o SEU CLIENTE ao Hotel, para que se acabe com o tal de “pinga ….Pinga…” na Cidade quando da venda de Poltronas por Agenciadoras… Serã emitidos relatórios Trimestrais do andamento deste Processo para que o Conselho Municipal de Turismo discuta junto com o FUNTRAN adequações plausíveis e viáveis para a melhoria deste tráfego… Pois…pois…. SEW INFORME JORNALISTA, com Certeza a Secretaria de Turismo bem como o FUNTRAN poderá lhe fornacer informações VERDADEIRAS sobre esta questão…Não disvirtue as Verdades…
    Atento … Carlos Dickmann – CIDADÂO PRAIANO, Monito do PNMT…

Deixe uma Resposta