• Postado por Tiago

Começou ontem o tradicional rali Dakar, que neste ano vai ter início e fim na capital argentina, Buenos Aires, dando uma passadinha pelo Chile. O percurso, com cerca de nove mil quilômetros entre estágios especiais e deslocamentos, vai passar pelo deserto do Atacama e Cordilheira dos Andes, e só termina no dia 16 de janeiro. Esse é o segundo ano consecutivo que a prova é disputada em solo sul-americano.

A largada rolou no Obelisco de Buenos Aires, onde os hermanos comemoram as vitórias da seleção de futebol e os títulos dos principais clubes do país. De lá, os pilotos já pegaram os primeiros 317 km de estrada até Colon, mas essa primeira parte não vale pra pontuação geral da competição.

Inovação brasileira

Veterano de mais de 20 participações no rali, Klever Kolberg será o primeiro piloto a guiar uma caranga movida a etanol no rali Dakar. O piloto, além de ser o primeiro brasileiro a participar do rali, é o que detém os melhores resultados nas categorias motos e carros representando o Brasil. Ele foi 5º colocado na categoria motos, em 1993, e 8º colocado na categoria carros, em 2002.

  •  

Deixe uma Resposta