• Postado por Tiago

Um dos cartões postais de Balneário Camboriú foi marcado por uma tragédia na noite de quinta-feira. Pelas 22h30, um rapaz levou três tirombaços na avenida Atlântica, bem em frente à padaria 24 horas. Foi socorrido, mas horas depois não resistiu e bateu as botas no hospital. A polícia acredita que o crime seja acerto de contas do tráfico de drogas.

Pelas 22h30, Valdinei Pereira, 28 anos, tava na beira da praia quando um malencarado passou montado numa motoca CG 150. O desconhecido sacou um trabuco e mandou três tiros na direção da vítima. O coitado tomou dois balaços no peito e outro no braço esquerdo e caiu na calçada.

O povão apavorado chamou o Samu, que fez os primeiros socorros e levou o baleado em estado grave pro hospital Santa Inês. Valdinei foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas três horas depois não guentou o tranco e foi pra terra dos pés juntos. O corpo foi levado pra perícia do Instituto Médico Legal (IML) de Balneário, onde permanece até que alguém da família apareça pra fazer o reconhecimento.

Enquanto Valdinei era socorrido, o atirador siscapou. A polícia militar baixou no local logo depois do crime, mas não encontrou nem rastro do suspeito.

A vítima era natural de Foz do Iguaçu. Os homisdalei desconfiam que o assassinato tenha sido motivado por acerto de contas do tráfico de drogas.

Valdinei seria aviãozinho dos vendedores de porcariada e teria simetido onde não devia. Desde o começo do ano, este é o 13º assassinato que rola na Maravilha do Atlântico Sul.

  •  

Deixe uma Resposta