• Postado por Tiago

Tânia ensina a galera a fazer o delicioso suco verde

De nada adianta caminhar, correr e se acabar na academia se o rango não for saudável. Quem busca perder uns quilinhos nesta época até sabe disso, mas confessa que só comeu porcaria ao longo do ano. Pra compensar, muitos trocam a comida gordurosa do quilão por um restaurante natural, pra tirar o atraso. ?Nos últimos meses a gente teve um aumento de cerca de 30% no horário de almoço?, conta a proprietária do restaurante natural Univital, Tânia Mara Fernandes dos Santos.

O restaurante serve uma grande variedade de rango natural com proteína de soja, saladas, peixe assado, verduras e muita fruta. O local abre pro almoço, jantar e lanches, além de servir sucos com combinações doces, amargas e picantes. Tudo super natureba. Pros leitores que querem garantir a cor morena do verão e aproveitar as vitaminas essenciais ao corpo, a terapeuta ensina a receita de um suco verde, que cá entre nós, apesar de parecer suco de capim, é delícia.

O suco não leva água, portanto, pra ser fazer um copo grande, são necessárias quatro laranjas, couve-flor, brócolis, chicória, salsinha e cenoura. Bata tudo no liquidificar e beba, de preferência, em jejum pra absorver bem as vitaminas. ?Este suco tem muita vitamina C, caroteno e ferro. E a salsinha é ótima pra regularização hormonal das mulheres e previnir o envelhecimento?, revela.

Aprendendo a ser natureba

Tânia mudou radicalmente de vida depois que o marido foi vítima de uma artrite causada pela alimentação comum do brasileiro, cheia de gordura e carboidrato. E se era pra mudar radical a alimentação, melhor transformar a lanchonete em restaurante natural, que há quase 10 anos é sinônimo de alimentação saudável em Itajaí.

O interesse pelos alimentos naturais foi tão grande que Tânia resolveu fazer um curso de terapia natural, uma especialização oferecida na Uz
iversidade Federal do Paraná. Lá, Tânia aperfeiçoou ainda mais os serviços oferecidos no seu estabelecimento, como a desintoxicação alimentar. ?A gente busca readequar os hábitos alimentares da pessoa que procura a desintoxicação. É uma faxina no corpo?, compara.

A desintoxicação dura seis dias e é baseada em líquidos. A pessoa precisa ir até o restaurante natural três vezes ao dia, onde são servidas as refeições que vão tirar as toxinas do corpo. ?A desintoxicação consiste em sucos e sopas. O resultado atinge todo o corpo. Regula o intestino, melhora a pele e oferece a perda de peso também?, garante.

O trabalho é realizado em grupo e é oferecido uma vez ao mês. Durante a desintoxicação, as pessoas recebem orientações de como manter uma alimentação saudável. A faxina no corpo, segundo Tânia, é indicada pelo menos uma vez ao ano.

  •  

Deixe uma Resposta