• Postado por Tiago

Povão botou até placa na rua cobrando solução do prefeito

A reta da rua Alfredo Eicke Júnior, na comunidade do Imaruí, em Itajaí, não tem nenhum obstáculo que impeça os motorista de tirar o pé do acelerador. Motos, carros e até caminhões passam pelo local como se estivessem numa pista de corrida, pra desespero do povão que mora próximo. ?Se trouxerem o radar móvel pra cá, vai ser multa adoidado?, comenta o ciclista Mário dos Passos Santos, 32 anos.

O comerciante Cassiano Neves, 52, mora na comunidade. Conta que não é de hoje o problema da alta velocidade de veículos na rua. ?O pessoal das mecânicas traz os carros pra cá pra fazer teste. Eles aceleram com tudo aqui?, conta.

Cassiano diz que há cerca de um mês uma vizinha e a filha foram atropeladas por um carro na Alfredo Eicke Júnior e só se salvaram por milagre. Depois do episódio, relata o comerciante, é que o povão resolveu se unir pra pedir uma atitude da prefa. ?Tem muita criança por aqui, muita mesmo. É um perigo essa situação e o pior é que ninguém vê?, reclama.

Pra demonstrar a indignação, os moradores juntaram um pedaço de madeira velha, pegaram tinta e pincel e montaram uma placa com o pedincho ao prefeito Jandir Bellini (PP): ?Queremos quebra-molas?. Cassiano acredita que essa é a solução pro perrengue que atormenta a galera do Imaruí. ?Uma lombada ainda é pouco. Deveria ter pelo menos três aqui na rua?, afirma.

Dona Amélia Santana Schneider, 62, mora na Barra do Rio e passa pela Alfredo Eicke Júnior todos os dias. Vê com os próprios olhos os absurdos cometidos pelos motoras folgados. ?É uma falta de respeito essa situação. Eu tenho que buscar a minha neta todos os dias na creche por causa do perigo disso aqui?, lasca a vovó, enquanto caminhava pela beiradinha da rua, com medo de que algum maluco lhe dê uma juntada.

José Alvercino Ferreira, chefão da Codetran, diz que o pedido de lombadas é muito grande pela cidade, por isso, é difícil atender a todos. Zé Alvercino disse que vai estudar a possibilidade da lombada no retão do Imaruí. ?Vou pedir pros agentes darem uma atenção especial pra essa região, fazendo rondas frequentes por lá?, prometeu também.

  •  

Deixe uma Resposta