• Postado por Tiago

O prefeito de Palhoça, Ronério Heidercheidt (PMDB) não vai sossegar enquanto não der um jeito de livrar os moradores de sua cidade de pagarem o pedágio. Desde o dia 17 que a praça instalada no quilômetro 221 da BR-101 tá funcionando. A obra cortou a cidade e como estradas alternativas foram bloqueadas, o povo tem obrigatoriamente que pagar pra poder ir dum canto ao outro do município.

Enquanto a prefa busca numa instância maior brecar a cobrança pra todo mundo sob a alegação de que obras como passarelas e o término da duplicação da rodovia deveriam estar prontas antes do início da cobrança, o prefeito busca formas de tentar aliviar o bolso dos palhocenses. Ronério já sinalizou que pode abrir mão da arrecadação do imposto sobre serviço (ISS) se a empresa Autopista Litoral Sul não cobrar o pedágio dos carros emplacados em Palhoça.

  •  

Deixe uma Resposta