• Postado por Tiago

INTERNA_13_abre-direita_---rua-cagada-do-nossa-senhora-das-graças-de-navega-_foto-carmem-miranda-(10)

Jonas mostra uma boca de lobo mais alta que a rua

A família de Jonas Anacleto, 25 anos, que mora na rua Agustinho Anacleto, no bairro Nossa Senhora das Graças, tá furiosa com a prefa dengo-dengo. A rua, que é bem estreitinha, foi a única da região que não recebeu o macadame. Os moradores reclamam de alagamento e dos buracões. Pra Jonas, o motivo do descaso é perseguição política.

Os problemas começam, diz Jonas, quando cai uma chuvinha. Basta São Pedro abrir as torneiras que fica tudo alagado. ?A rua tem níveis diferentes. Colocaram uma boca de lobo em 2007, mas ela já está entupida. Outra, mais para o final, é maior que o nível da rua, ou seja, a água não consegue escoar pelo bueiro e alaga?, debulha o morador.

Aline Anacleto, 20, é mana de Jonas e mora na baia de número 44. ?Meu pai até tentou fazer um piso na garagem pra água não entrar. Mas os carros passam e espirram a água aqui pra dentro?, conta.

Seu Zanir Antunes da Costa, 58, é um dos que mais sofrem. O homem é deficiente físico e usa um triciclo elétrico pra se locomover. Só que andar na rua com os buracões transforma a pequena viagem em um desafio. ?Fica muito pior quando tá alagado?, reclama. Porque assim, o risco é ficar atolado mesmo.

Jonas diz que procurou a secretaria de Obras, a subprefeitura do bairro e foi até no gabinete do prefeito e ninguém teria lhe dado uma resposta decente. Jonas acha que é perseguição política, já que sua família, que é maioria na viela, não teria votado no atual prefeito.

Pro DIARINHO, o subprefeito Sebastião Alves da Silva, o Meio Quilo, prometeu que entre quarta e quinta-feira uma camada de macadame será jogada na rua. ?Já está na nossa programação?, prometeu.

  •  

Deixe uma Resposta