• Postado por Tiago

Vai encarar? Então veste a galocha ou pega carona com um trator

As pancadas de chuva desta semana deixaram a rua Imbuia, no bairro Taboleiro, em Camboriú, virada num alho. O barro é tanto que o povão precisa escolher entre dar a volta na quadra ou se cagar de lama até a canela. ?Isso é uma vergonha?, reclama o empresário Edgar Arruda, 33 anos, que mora ali pertinho.

Ele diz que o problema com o lamaçal já rolamó tempão e até hoje a prefa da capital da pedra não se coçou pra dar um fim no perrengue. ?Depois da enchente, em novembro do ano passado, essa rua ficou assim. Qualquer chuvinha que cai não dá mais pra passar?, siqueixa.

A rua fica colada na avenida Santa Catarina, bem na entrada da city pra quem vem de Balneário Camboriú. A lama é tanta que escorre pra via principal e quem passa a pé ou trepado na zica é obrigado a sijogar no meio dos carros, se não quiser se sujar.

É o caso do gari Alexandre Vicente, 29 anos, que precisou passar quase no meio da estrada pra desviar do barro. ?Aqui não tem jeito, se tiver que passar pela rua, tem que pisar com o pé na lama. Acho que deviam recapar ou colocar uma tubulação pra escoar a água?, sugere.

A técnica em enfermagem Lucilene Mota, 41, também acha que o problema não é tão difícil assim de ser resolvido. ?Com calçamento ficaria bem melhor?, acredita. Ela mora na rua Imbuia e tem que dar uma baita volta pela rua Guaramirim pra chegar até à avenida Santa Catarina cada vez que São Pedro resolve abrir as torneiras.

Culpa é do São Pedro

O secretário de Obras da terra do mármore, Márcio Rosa, reconhece que a rua tá feia na foto. ?Tá um problema?, admite. Ele diz que o estrago começou quando a região foi castigada pelas cheias, há 11 meses. ?Quando enche, a rua sofre porque muita água escoa por ali?, explica.

Como desgraça pouca é bobagem, em julho uma adutora de água rompeu e a rua ficou melecada dinovo. ?Desde então estamos tentando arrumar. Tem que tirar o material que tá ali, colocar uma brita fina e depois o macadame. Mas não conseguimos porque precisamos de pelo menos três dias de tempo firme?, afirma.

  •  

Deixe uma Resposta