• Postado por Tiago

INTERNA_16_base-direita_--buraqueira-no-acesso-ao-mariscal---brigitte-bardot-(1)

O que não falta é buraco e lagoa de lama nas estradas

As vias de acesso à praia de Mariscal, em Bombinhas, tão viradas num queijo suíço. Moradores e frequentadores da localidade não guentam mais ter que cruzar as ruas Ametista, Diamante e até a avenida Araucária rebolando de um lado pro outro pra desviar dos buracos. A situação ainda piora quando São Pedro abre as torneiras e deixa as ruas viradas num lamaçal.

O trajeto entre Morrinhos e Mariscal tem cerca de dois quilômetros e, em todo o trajeto, é impossível que os carangos passem sem encararem ao menos um buraquinho no meio das vias. O servente A. C., 43 anos, tem casa na rua Ametista e conta que por lá a patrola não passa há mais de um mês, pra deixar a rua lisinha. ?O Mariscal precisa de ruas melhores. A rua fica paralela da geral, mas todo mundo passa por aqui e só piora a situação?, reclama.

A buraqueira também incomoda o baladeiro de carteirinha Leonardo Amodio, 20, que volta e meia curte um festerê no Mentawai, que fica na região. ?À noite a situação fica pior, porque tu não vê direito e corre o risco de estragar o carro num desses buracos?, bufa. Apesar do perrengue, o rapaz faz questão de dizer que não pensa em deixar de frequentar o rala-coxa.

O problema das ruas de acesso ao Mariscal só deve ser resolvido se São Pedro aliviar as torneiras. O secretário de Obras, Jorge Barbosa da Silva, conta que deu ordem de serviço pra passar a patrola e alisar tudo na quinta-feira, mas os trampos tiveram que ser suspensos por causa da chuva. ?Já tinha recebido a reclamação dos motoristas das escolas que passam por lá. Assim que limpar o tempo vamos fazer lá, mas com chuva não tem condições?, explica.

  •  

Deixe uma Resposta