• Postado por Tiago

O ex-prefeito de Balneário Camboriú, o tucano Rubens Spernau, tá com um peso a menos nas costas. Foi liberado semana passada da bronca de improbidade administrativa que respondia na justa sob a acusação de pagar adicional de insalubridade aos barnabés, o que é considerado ilegal. O benefício a mais teria aberto um rombo de R$ 40 mil aos cofres públicos.

A determinação foi da juíza de direito Adriana Lisbôa. A dotôra decidiu absolver o ex-prefeito da acusação por entender que não há comprovação de que Spernau teria dado uma graninha a mais pros servidores públicos. “Julgo improcedentes os pedidos deduzidos na presente Ação Civil Pública promovida pelo Ministério Público do Estado de Santa Catarina”.

A juíza ainda deixou claro no documento que acredita que o ex-prefeito não agiu de má fé ao dar a bufunfa a mais aos barnabés e não liberou o arreguinho pra beneficiar alguma pessoa em particular. Durante o processo, Rubens Spernau admitiu ter pago a insalubridade, mas em sua defesa alegou que o pagamento foi feito com base nas leis trabalhistas e alegou não ter conhecimento que os valores deveriam ser baseados em leis municipais. Leia como foi o rolo na editoria de Geral na segunda-feira.

  •  

Deixe uma Resposta