• Postado por Tiago

A secretaria de Saúde de Balneário Camboriú tá vacinando o povão que precisa viajar pra áreas de risco da febre amarela. Ao todo, 59 municípios da Santa & Bela tão na lista dos lugares que pedem cuidado redobrado por conta da doença. A picadinha é digrátis e pode ser feita no postinho Central, da rua 1500. O atendimento rola das 7h às 19h.

Por sorte, a Maravilha do Atlântico não tá entre os municípios catarinas em que a vacina é necessária. Mas como é época de férias, a cidade tá recebendo uma renca de turistas, e tem moradores arrumando as malas pra viajar, a vigilância Epidemiológica achou melhor fazer o alerta pra que a galera que vai entrar nas áreas onde tem risco de contrair a doença não dê chance pro azar.

Os locais onde o povão precisa ficar alerta, na Santa & Bela, são municípios da serra e do oeste. A chefona da vigilância na city, Andrea Bittencourt, diz que, além desses lugares, a vacina também é necessária pra quem vai fazer viagens pro estrangeiro, ou passear em lugares onde rolam passeios de ecoturismo, no meio do mato. “Quem foi vacinado contra a febre amarela há mais de 10 anos também deve se vacinar novamente”, avisa.

A doença é transmitida por mosquitinhos que têm os nomes feiosos de Haemagogus e Sabethes, e causa febre alta, vômitos, dores no corpo e na cabeça. Em casos mais graves, pode provocar mau funcionamento do fígado e dos rins, e até levar à morte.

O cuidado é necessário porque é justo esta época, de calorão, que os mosquitinhos escolhem pra fazer a festa. Eles costumam picar macacos, mas também podem dar uma sugadinha nas pessoas e deixá-las dodóis.

Existe ainda a chamada febre amarela urbana, que rola quando a transmissão é feita através do mosquitinho aedes aegypti, aquele mesmo da dengue. No momento, não tem perigo de acontecer uma desgraça dessas, mas as otoridades têm que monitorar o avanço do mosquito pra evitar que role a contaminação nas cidades.

Não é pra todo mundo

Pra ficar tranquilo, a recomendação é que se tome a vacina pelo menos 10 dias antes de viajar. Só não podem ganhar a picada bebezinhos com menos de seis meses, e pessoas que tão doentes ou se tratando de alguma doença.

  •  

Deixe uma Resposta