• Postado por Tiago

Arrego é pra quem teve a rua atingida pela enxurrada de abril

A partir de quarta-feira, dia 2 de dezembro, o povão que mora em alguma das mais de 100 ruas atingidas pela enxurrada dos dias 22 e 23 de abril do Balneário Piçarras poderá sacar parte do fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Mas tem que correr, porque o arrego do governo federal vai até 8 de janeiro e a prefeitura somente atenderá aos pedidos nas quartas-feiras à tarde.

Não precisa ter tido a casa cheia de água. Basta morar na rua listada pela prefeitura [Veja tabela abaixo). “Mas somente poderá sacar quem nos últimos 12 meses não fez nenhuma retirada do fundo de garantia”, ressalta Paulo Roberto Batista, secretário executivo da defesa Civil das Piçarras. Ele informa ainda que o limite do saque é de até R$ 4650.

O pedido pra pegar a grana do FGTS é feito no balcão da secretaria do Planejamento e Meio Ambiente (Seplam) da prefeitura, que fica na rua Alexandre Guilherme Figueredo, 68, no centro da city. Basta levar a carteira de identidade e do CPF, a carteira de trabalho com foto e o cartão do PIS ou o cartão do trabalhador. Tudo com uma cópia. Precisa também levar um comprovante de residência em nome da pessoa que vai sacar o fundo. Pode ser uma conta de luz, água ou telefone dos últimos quatro meses.

Centro teve mais ruas atingidas

O centro da cidade foi a área mais atingida pela enxurrada, informa Paulo Roberto. “O rio Piçarras, que transbordou, corta praticamente todo o centro”, explica. Foram quase 50 ruas das mais de 100 que sofreram com a chuvarada que caiu aos cântaros durante os dias 22 e 23 de abril.

Os bairros Santo Antônio e Nosso Senhora da Paz, mais conhecido pelo povão como Rio Furado, também sofreram barbaridade com a enxurrada, que atingiu ainda a Ponta do Jaques e áreas rurais como Morro Alto, Lagoa, Morretes e Medeirinhos.

Pelas contas de Paulo Roberto, mais de quatro mil pessoas sofreram com a chuva, que desalojou 240 pessoas e deixou outras 48 desabrigadas. Desalojado é aquele cara que precisa abandonar sua casa, mas acaba indo pra casa de um parente ou de um amigo. Desabrigado é o coitado que tá sem eira nem beira e precisa ser abrigado em alguma escola ou ginásio de esportes.

  •  

Deixe uma Resposta