• Postado por Tiago

Pra quem acha que capoeira é só uma dança, pode se assustar ao saber que a equipe catarinense acaba de ser vice-campeã brasileira da modalidade, que rolou de 4 a 6 de setembro, em Goiânia/GO. Fizeram parte da equipe 15 atletas de Itajaí, Navegantes, Balneário Camboriú e Brusque. “Foi a primeira participação catarinense na história do Brasileiro. Tinha 12 estados participando e ficamos em sexto no geral. Além do individual, o mais importante foi o segundo lugar por equipes, quatro pontos atrás de Goiás. Foi o nosso maior feito”, diz Jean Carlos dos Santos, presidente da Federação de Capoeira do Estado de Santa Catarina (Fecaesc).

A felicidade do presidente é notada pelo restante dos resultados. Ao todo, foram oito medalhas, com seis segundos lugares, dois terceiros e um quarto. “A delegação foi elogiada. Chegou chegando, com moral”, comenta Jean.

Estadual pode valer pro mundial

No domingo, em Navegantes, a partir das 8h, vai rolar o campeonato catarinense de capoeira. O evento iria classificar os campeões pro campeonato brasileiro, mas como o nacional foi adiado por causa da gripe A, agora o estadual pode classificar pro mundial, que vai rolar no Azerbaijão, lá pras bandas onde se esconde o Osama bin Laden.

Em Navega, são esperados cerca de 200 atletas do Litoral Norte, região de Floripa, do Sul e do Oeste barriga-verde. Jean explica que no campeonato são avaliados tradição (fazer o que se pede nos modos Angola e Regional da capoeira), volume de jogo, técnica e harmonia. Quem quer ver porrada, pode esquecer. “Tem contato, mas não vale nocaute”, fala Jean.

  •  

Deixe uma Resposta