• Postado por Tiago

INERNA_abre_carros-engarrafamento-na-frente-do-xande-foto-FelipeVT

Só Itajaí tem quase 100 mil veículos

Em abril, Santa Catarina atingiu a marca de três milhões, nove mil e 609 veículos em circulação. Seria um veículo para cada 1,9 habitante. Muito acima da média nacional, que é de sete pessoas por ?unidade de transporte?, como costumam falar os técnicos do setor.

?Teoricamente é a maior proporção do país?, diz Sérgio Ribeiro Werner, presidente da Federação Nacional de Distribuição de Veículos em Santa Catarina (Fenabrave/SC) e diretor da Promenac, revendedora da Volkswagen na região.

A razão de haver tanto carro por pessoa estaria ligada diretamente à condição econômica e à justiça social no estado, analia Sérgio Werner. ?Santa Catarina é o mais equilibrado do país quando a gente fala em distribuição de renda?, afirma.

Setor escapou da crise

Mas os números da Fenabrave/SC indicam mais. Sérgio Werner diz que o setor do comércio de carros zero quilômetro conseguiu escapar da crise financeira mundial que também atingiu o país. A redução da alíquota do imposto sobre produtos industrializados (IPI) para carros novos, ampliada até junho deste ano, teria ajudado.

No acumulado do ano, a queda nas vendas de veículos novos caiu apenas 1,73%. Na média nacional, a brochada no comércio dos zero quilômetro foi de 8,06%. ?Se levarmos em conta que no ano passado o nosso segmento cresceu 25% em relação a 2007, então estamos ainda muito bem?, avalia o chefão da Fenabrave. Sérgio Werner aposta numa recuperação da economia internacional a partir do segundo semestre, com reflexos positivos para o Brasil e para o setor que representa.

Em abril deste ano, as revendedoras de carros novos venderam aproximadamente 18 unidades em Santa Catarina. Em março, esse número foi ainda maior: 21 mil veículos.

Carangos são maioria

Os carangos dominam as ruas de Santa Catarina. Pelos dados da Fenabrave/SC, o número é de 1,7 milhão de possantes circulando. Isso representa 58,1% da frota barriga-verde. Em segundo lugar estão as motocicletas, com 743 mil unidades (24,6% do total).

  •  

Deixe uma Resposta