• Postado por Tiago

A Secretaria de Estado da Saúde confirmou nesta sexta-feira, 28, o resultado de 16 mortes que estavam em investigação no estado por conta da gripe suína.  Oito exames deram negativo para Influenza A e oito exames deram positivo, sendo que, destas oito vítimas, sete tinham maiores chances de complicação pelas doenças que sofriam.  Com as atualizações desta sexta-feira no sistema de dados da Vigilância Epidemiológica Estadual (DIVE), o número de casos em investigação em Santa Catarina subiu para 3.565 e o de óbitos em investigação para 98.  Até o momento foram confirmados 20 óbitos e 244 casos de Influenza A (H1N1).  Também foram descartados 352 casos inicialmente considerados suspeitos.

Relação dos oito óbitos com confirmação hoje de Influenza A:

CRICIÚMA: Mulher de 27 anos.  Os sintomas começaram a aparecer no dia 1º de agosto, quando foi internada no hospital. A morte deu-se no dia seguinte. A paciente tinha doença metabólica crônica, doença renal crônica e lupus.

CAÇADOR: Homem de 39 anos.  O início dos sintomas foi em 18/08, a internação no Hospital Maicê em 19/08 e a morte ocorreu em 21/08. Ele Também sofria de doença renal crônica e imunossupressão.

CATANDUVAS: Homem de 60 anos.  Início de sintomas em 13/08, internação no Hospital São Miguel (Joaçaba) em 20/08, óbito ocorrido em 22/08. A causa da morte foi   falência múltipla de órgãos.

BLUMENAU: Mulher de 49 anos.  Apresentou sintomas em 14/08, foi internada no Hospital Santa Isabel em 19 e morreu no dia 22. Ela não tinha nenhuma doença anterior.

SÃO JOSÉ: Homem de 51 anos.  Iniciou a doença no dia  17/8, a internação no Hospital Universitário deu-se em 20/08 e a morte em 22/08. Ele era fumante e portador de síndrome de Down.

LAURO MÜLLER: Homem de 74 anos.  Início de sintomas em 18/08, hospitalização em 23 e óbito ocorrido em 24.  Ele apresentava pneumopatia crônica, doença metabólica crônica.

XANXERÊ: Homem de 38 anos.  Início de sintomas em 23/08, internação no Hospital São Paulo em 23/08, com a morte no dia seguinte. Ele sofria de pneumopatia crônica.

CAMPO ERÊ: Mulher de 57 anos. Os sintomas começaram em 24/08 e na mesma data faleceu.  Ela tinha pneumopatia crônica e blastomicose.

  •  

Deixe uma Resposta