• Postado por Tiago

INTERNA-9-abre-G-aterro-Praia-de-Barra-Velha-(9)

Secretaria tá fazendo plano pra reverter a lambança

Barnabés da secretaria de obras de Barra Velha aterraram um pedação de restinga na praia do Tabuleiro por engano. A lambança aconteceu quando a peãozada trampava nas obras de reforma da rede pluvial, que foi detonada com a enchente do ano passado, e mais as enxurradas que rolaram este ano.

A assessoria de imprensa da prefa explicou que o barro está lá porque desde o mês de julho, a secretaria de obras começou o trampo de recuperação da erosão causada em diversos pontos da orla pelas enchentes. As chuvas estouraram a tubulação e abriram buracos gigantescos na orla. As crateras foram fechadas, a tubulação foi reestruturada e novas bocas de lobo foram construídas.

O problema é que quando os barnabés terminaram as obras, o barro que sobrou foi espalhado por cima da restinga por engano. A bobeira dos barnabés deixou 500 metros da vegetação embaixo do barro. Foi a própria Fundação Municipal de Meio Ambiente (Fundema) de Barra Velha que apareceu por lá e mandou o pessoal da secretaria de obras parar tudo.

Plano de recuperação

Para resolver o problema, a Fundema está elaborando o plano de recuperação da área degradada (PRAD), um planejamento que vai definir a melhor forma de restaurar a restinga.

A presidente da Fundema, Maria Luiza de Oliveira, explica que ainda não há previsão para que o PRAD seja iniciado, mas afirmou que os técnicos da prefeitura pretendem finalizar o projeto até a próxima semana. Em seguida, este projeto será submetido à avaliação da Fundação do Meio Ambiente de Santa Catarina (Fatma).

Assim que for aprovado, a presidente levará o PRAD ao prefeito de Barra Velha para ver a possibilidade de orçamento, mas garantiu que a recuperação da área começará ainda este ano.

  •  

Deixe uma Resposta