• Postado por Tiago

Depois que a secretaria de obras de Itajaí começou a arrumar as tubulações em Cabeçudas, um buraco enorme surgiu na Paulo Hebert e foi deixado ao Deus-dará pela peãozada. O pior, diz a leitora Denise Vieira, 47 anos, é que não tem nem aviso ou qualquer sinalização no local para evitar algum acidente. Apenas um cavalete todo rengo foi colocado sobre o buracão.

A cratera, diz a moradora da Paulo Herbert, já tá lá ha três semanas. A cabreirice de Denise é que os funcionários da prefeitura viram o buraco e não arrumaram. Simplesmente foram embora como se um rombo no meio da estrada fosse a coisa mais normal do mundo.

Denise lembra que é a segunda vez que a sacanagem acontece. A diferença da vez anterior é que nessa a cratera ficou exposta bem em frente à sua baia.

O que deixa a moradora ainda mais preocupada é a dificuldade em enxergar o buraco, que tá localizado logo depois de uma curva. “Alguém pode não ver”, preocupa-se.

Com as chuvas, alerta Denise, o buraco só tende a crescer cada vez mais.

Até no máximo segunda-feira

Tarcísio Zanelatto, secretário municipal de Obras, disse que amanhã ou no máximo segunda-feira estará mandando a peãozada resolver o problema.

Ele explicou que um tubo sob o calçamento deslocou-se. Com isso, a terra e os paralelepípedos cederam e o buracão se abriu. “Se não tiver nenhum outro problema será um serviço rápido. Em uma hora termina”, afirmou.

  •  

Deixe uma Resposta