• Postado por Tiago

A leitora S.M. reclama que o centro de Atenção Psicossocial (CAPS), que fica na rua 15 de Novembro, no centro de Itajaí, continua sem médico. Ela conta que seu irmão precisa de acompanhamento psiquático e nem mesmo os remédios digrátis consegue pegar. “Nada contra a secretária Dalva, mas acho que podiam dar mais atenção à saúde mental”, desabafa.

Ninguém quer pegar o pepino

Através da assessoria de imprensa, a secretária Dalva Rhenius, da Saúde, admitiu que ainda faltam médicos no CAPS de Itajaí. Três dotôres que tavam na fila do concurso público foram chamados, mas não quiseram assumir. O quarto colocado foi avisado há poucos dias e ainda não se manifestou.

A orientação da secretária é que os pacientes procurem a coordenação do CAPS pra remarcar a sua consulta ou agendar a entrega da medicação.

  •  

Deixe uma Resposta