• Postado por Tiago

INTERNA-9-LATERAL-g---protesto-iate-clube-versus-pink-(2)

Não é a primeira vez que as mães apavoram a câmara de Balneário

O secretário de educação de Balneário Camboriú, Jaime Guth, deu o cano numa renca de mães do Jardim Iate Clube ontem à noite. Ele teria marcado uma reunião com a muierada na câmara de vereadores e não deu as caras. Tiriricas, as mamis correram pra um encontro que rolou com o prefeito Edson Periquito (PMDB) e colocaram o mandachuva contra a parede. Há mais de um mês elas fizeram um abaixo-assinado pra que a diretora da escola municipal do bairro fosse substituída e acusam a prefa de estar fazendo corpo mole pro pedincho.

O perrengue começou ainda na casa do povo. Diva Terezinha dos Santos, 33 anos, que é mãe de duas crianças que estudam no colégio, conta que as mulheres levaram um chá de cadeira. ?O secretário prometeu que estaria na câmara às 20h e não apareceu. Ele tá fazendo a gente de boba?, reclamou.

Quando perceberam que o abobrão tinha dado bolo, as mulheres carcaram pé pra escola do Jardim Iate Clube, onde o prefeito tinha marcado uma reunião pra definir detalhes sobre o asfaltamento da região. Pra sorte delas, Jaime Guth também pintou por ali.

A ideia da muierada era dar um ultimato pro abobrão. ?Queremos uma resposta urgente. A gente pede, pede, e eles ignoram, não dão resposta?, disse Diva.

O DIARINHO tentou falar com o secretário por telefone, mas o celular dele tava desligado. Até o fechamento desta edição o encontro no Jardim Iate Clube ainda não tinha terminado.

Berreiro

No dia sete de maio, pais de alunos já tinham invadido o plenário da câmara pra pedir o afastamento da diretora. Elas reclamam que o colégio virou a casa da mãe Joana e pessoas estranhas conseguem entrar e sair quando bem entendem. Além disso, a muié não teria muito jeito pra tratar com os pequerruchos. ?Ela chegou a tirar o tamanco e dizer que sua vontade era jogar na cara das crianças?, acusa Luciana Martins, 34 anos, que tem uma filha na escola.

Na época, a líder do governo da câmara, vereadora Christina Barrichello (PPS), lascou que o abaixo-assinado era fajuto e chamou a ação da muierada de politiqueira. As mamis carregaram faixas contra a Pink pra dentro da câmara e se enfeitaram com nariz de palhaço como forma de protesto.

  •  

Deixe uma Resposta