• Postado por Tiago

INTERNA_12_abre-direita_-Maura-Schmitt_foto-mery-jane-(22)

Dona Maura, a mãe, apelou desesperada para internarem a filha

A aposentada Maura Schmitt, 70 anos, conseguiu o que tanto sonhava. A velhinha, que na quarta-feira procurou o DIARINHO desesperada com a situação da filha viciada em crack, ontem enxergou uma luz no fim do túnel. Carlos Ely Castro, secretário de Segurança Pública e do Cidadão de Itajaí, encaminhou K.B., 30, até o centro de Atendimento Psicossocial (Caps), onde ela receberá atendimento especializado pra se livrar das drogas.

O secretário, que depois de receber a ligação do DIARINHO se comprometeu a cuidar do caso, cumpriu a promessa. Carlos Ely foi até a casa de dona Maura, que fica na rua Cosme Busarello e conversou com K., filha da aposentada. ?Eu estive lá com uma equipe pra conversar com essa moça. Ela me confirmou que é viciada em crack e contou toda a situação que vive?, falou.

Ontem mesmo K. foi levada pelo bagrão da prefa até o Caps, onde já recebeu atendimento. Carlos Ely contou que K. conversou com um psicólogo e hoje pela manhã tem consulta marcada com um psiquiatra. ?O tratamento já foi oferecido. Agora só depende dela. Ela tem que querer se livrar do vício?, ressaltou.

O secretário contou que no momento da visita não encontrou dona Maura em casa. A velhinha foi quem suplicou pelo tratamento da filha. A aposentada já foi agredida pela filha, teve boa parte de seus pertences furtados pela moça e chega a passar fome, pois K. rouba a comida para trocar pela pedra do demo.

  •  

Deixe uma Resposta