• 28 jul 2009
  • Postado por Tiago

Itajaí será tomada pelo som melódico dos violões entre 31 de julho a dois de agosto, durante o 2º Seminário de Violão de Itajaí. O evento será no curso de graduação em Música, na Univali, e vai contar com recitais e oficinas ministradas por feras, como Alessandro Penezzi e Isabel Bertevelli. A realização é da Associação de Violão de Itajaí.

Cerca de 150 alunos devem participar do seminário, que abre na manhã de sexta-feira com a oficina de Isabel Bertevelli “Metodologia de musicalização para deficientes visuais”. Ricardo Pauletti, um dos organizadores do evento, disse que a escolha dos temas foi pautada pelas novas demandas sociais. “Não há na região professores de violão capacitados para ensinar os deficientes visuais e isso nos motivou a trazer este curso. Será, com certeza, mais um caminho para os músicos quanto para novos alunos”, acredita.

Na noite de sexta-feira, rola o recital com o violonista clássico Marcus Llerena, na faixa, a partir das 20h30, no auditório do curso. Na manhã de sábado e domingo, o seminário segue com as oficinas “Metodologia para o ensino do violão erudito”, com Henrique Pinto e, à tarde, com Alessandro Penezzi ministrando o curso “Violão popular solo e violão popular acompanhamento”.

No sábado, às 20h30, também no auditório do curso de música, acontece a mostra regional, com a Camerata de Violões de Itajaí. A entrada também é franca.

No encerramento do seminário, no domingo, rola um show especial de Alessandro Penezzi, às 20h30, no auditório do Porto Municipal de Itajaí. O ingresso custa R$ 10.

  •  

Deixe uma Resposta