• Postado por Tiago

g---daniel-foto-rubens-flores-27dez09-ABRE

Daniel levou mulherada à histeria no Costão do Santinho

Por Carla Cavalheiro

Além da concorrida agenda de shows, o cantor Daniel teve um ano pra lá de movimentado. O artista protagonizou um filme, participou de novela e nos últimos dias, se tornou pai, trocou de gravadora e rompeu com o empresário que o acompanhava desde a época em que fazia dupla com o finado João Paulo. Na semana passada, Daniel esteve em Floripa pra abrir o período de shows do Costão do Santinho. Lá, ele levou um lero com o DIARINHO.

O cantor garante que, após 25 anos de parceria com a Continental/Warner, o relacionamento profissional não foi desgastado, mas era preciso mudar pra alavancar a carreira, por isso optou pela Som Livre, braço fonográfico da Rede Globo.

?Para as gravadoras está difícil manter um artista por causa da pirataria. Então, achei melhor lançar o novo trabalho pela Som Livre até pela questão de exposição, mas não existe nada de intriga ou coisa parecida com a Warner. Tem uma coisa muito harmoniosa dentro da gravadora. Tenho bom relacionamento com todos?, garante.

Daniel também nega pressão da Globo pra trocar de gravadora e continuar mostrando a carinha nas novelas.

Sobre o rompimento com o empresário Hamilton Regis Policarpo, Daniel desmente a fofocaiada que anda espalhada de que eles teriam fechado pau por causa de contratos publicitários. Policarpo foi quem lançou a dupla João Paulo e Daniel e depois, conduziu o bom moço pruma carreira de sucesso.

Indignado com o rompimento, o empresário emitiu nota em meados deste mês garantindo que foi pego ?de calça arriada? e que não gostou do tom em que foi publicada uma nota do cantor. Nela, Daniel diz que já virou mocinho e que vai cuidar de seu nariz sozinho.

?Romper o contrato com o Hamilton foi uma opção minha, uma vontade de fazer uma coisa diferente, de tentar caminhar com as próprias pernas. Tentei há três anos e acabou que a gente ficou na mesma. Neste ano, eu resolvi arriscar e seguir o meu palpite?, justifica.

Ele diz que continua amigo do cara, já que são 25 anos de convivência. ?É uma longa história. Não existe nada de mal explicado, de desavença. Muito pelo contrário. É uma coisa muito transparente. Não partiu dele, partiu de mim e espero que seja bom pros dois. Tomara Deus que tudo dê certo na vida dele e na minha?, explica Daniel, que não gosta que o rompimento com Policarpo seja comparado com o da Xuxa e Marlene Mattos.

  •  

Deixe uma Resposta