• Postado por Tiago

ABRE-marejada-dia-11-out-09-162

Público tem prestigiado a feira, que fica perto da Cabana do Pescador

Os visitantes da 23ª Marejada ? Festa Portuguesa e do Pescado ? podem aproveitar a festa para conhecer a diversidade e qualidade da indústria pesqueira de Itajaí no Shopping da Pesca. O local é uma espécie de termômetro para avaliar a aceitação do público para a Festa Nacional da Pesca, prevista para ser realizada em 2010. Sem data definida, o evento vai fazer parte do calendário da programação dos 150 anos de Itajaí.

O secretário de Aquicultura e Pesca de Itajaí, Agnaldo Hilton dos Santos, explica que a intenção é realizar em 2010 uma feira de nível internacional, trazendo expositores de todas as regiões do país e também do exterior. A frota pesqueira catarinense abastece cerca de 100 empresas. Deste total, apenas três industrializam produtos mais elaborados como conservas de atum e sardinha, cuja capacidade de produção é de 150 mil latas/dia. A indústria local também fornece matéria-prima para as indústrias do Rio de Janeiro.

Dentro do Shopping da Pesca, os visitantes têm a oportunidade de conhecer alguns dos lançamentos da indústria pesqueira, equipamentos e também o que existe de novidade na área de pesquisa, desenvolvida pela Univali e também pela Epagri. Arnaldo lembra que uma das metas da secretaria da Pesca é incentivar a piscicultura, atividade que praticamente inexiste no município.

Dentre as novidades que estão em exposição no shopping, destaque para os produtos lançados pela Gomes da Costa: congelados de merluza, empanados de pescados e os filés de atuns, todos prontos para serem preparados e consumidos. A gerente de marketing da Gomes da Costa, Regiane Rubbino, destaca que a participação no shopping é uma excelente oportunidade para apresentar as novidades que estão chegando ao mercado.

O secretário-executivo do ministério da Pesca, Dirceu Lopes, lembra que são eventos com grande circulação de público que ajudam a divulgar a atividade industrial. Dirceu entende que, desde que o ministério foi criado, a pesca deixou de ser uma atividade marginalizada para se consolidar como uma atividade industrial respeitada. ?A pesca no Brasil tem que se tornar uma referência?, destacou. O shopping é organizado pela secretaria da Pesca e Aquicultura de Itajaí, em parceria com o Sindipi, com apoio do governo federal através do ministério da Pesca.

  •  

Deixe uma Resposta