• Postado por Tiago

Os trastes não perdoam nem as placas de trânsito aquáticas. Foi o que constataram os administradores do Jet Bus, o ônibus aquático que transporta passageiros entre Joinville e São Francisco do Sul.

Seis balizas (placas) fixadas ao longo do rio Cachoeira foram destruídas. Uma boia na entrada da Lagoa do Saguaçu foi danificada e uma lanterna de iluminação noturna foi levada pelos amigos do alheio. ” Só este equipamento custa uns R$ 8 mil”, diz o gerente do Jet Bus Maurício Von Scheidt.

A Secretaria de Desenvolvimento Regional (SDR), que participa da administração da hidrovia — a primeira do estado —, não contabilizou todos os prejús, mas já fez boletim de ocorrência e comunicou a Capitania dos Portos de São Francisco do Sul, responsável pela fiscalização marítima.

Até o momento, nenhum suspeito da safadeza foi guentado. A tralha de iluminação noturna é importada do Canadá. Possui uma lanterna e uma placa que coleta energia solar, o que a faz a lanterna piscar à noite.

  •  

Deixe uma Resposta