• Postado por Tiago

INTERNA-ABRE-PAG-22---s---Vander-Sacole.manobra-Flip

Atletas de Itajaí têm poucos locais pra fazer doidêras com o skate

Não é só nas ondas que a galera radical de Itajaí faz manobras alucinantes. Meio esquecido pela prefeitura e pela iniciativa privada, o skate peixeiro vem com uma novidade pra agitar a galera da região. Idealizado por Jean Duarte, skatista profissional e presidente da Associação de Skate de Itajaí (ASI), o Sangbon EP Vídeo A é o primeiro vídeo de skate de Itajaí da história. ?A ideia do vídeo é divulgar e movimentar o skate na cidade. Queremos fazer com que o vídeo chegue a todos. Se possível, que todo itajaiense assista?, comenta Jean.

Com duração de 20 minutos, o vídeo tem a participação dos dois atletas profissionais de Itajaí, o próprio Jean Duarte e Ary Neto, diversos skatistas amadores e uma entrevista com Maria Eduarda, a Duda, de apenas seis anos. ?Um vídeo é mais importante do que qualquer competição, é o principal meio de comunicação. Em Santa Catarina, o mercado de vídeos é fraco e Itajaí nunca teve?, diz Jean.

Praticamente todo filmado nas ruas de Itajaí, o vídeo já tá rolando pros alunos peixeiros. Até agora, o filme foi mostrado em oito escolas. Ontem à noite, foi a vez dos alunos do Gaspar da Costa Moraes acompanharem as manobras na telinha.

Falta de pistas e apoio

Como todo esporte amador no Brasil, a falta de apoio e de estrutura são os principais obstáculos que os skatistas têm pela frente. Em Itajaí, a única pista que essa galera tem disponível é a da Beira-rio. Mesmo assim, com problemas. ?Ela tá legal, mas tem problema na iluminação. Ainda bem que é arrumado sempre que pedimos. Também tem uma minirrampa perto da rodoviária, mas alguém da fundação, na época, decidiu construir sem acompanhamento de quem pratica. Então, ela é inútil?, lasca Jean.

Além da falta de local, o skatista aponta outro problema: o pouco apoio pro esporte. ?Faltam empresas fora do segmento pra abraçar o skate. É um esporte que cresce muito e é muito acessível. Também falta um interesse dos órgãos públicos?, fala.

Com o fraco apoio, a associação também sofre. ?A ASI só existe no papel, ela não tá na atividade, por falta de parceiros dentro do skate mesmo. Fico responsável por tudo, não entro de cabeça, mas também não deixo morrer?, diz Jean, que junto com Ary Neto, corre etapas de competições nacionais.

O fenômeno Duda

Um dos destaques do inédito vídeo peixeiro é a pequena Maria Eduarda. Duda, de apenas seis anos, esbanja simpatia numa entrevista e ainda mostra o que sabe. ?Ela é fora de série, tem um dom em cima do skate. É surpreendente?, elogia Jean. Incentivada pelos irmãos também skatistas, Duda faz coisas que deixam qualquer marmanjo de boca aberta. ?Ela tem tudo pra ser um fenômeno?, completa o cara.

Pra ver a galera do skate em ação acesse www.youtube.com/sangbsc ou www.zshare.net. Além do vídeo pra baixar na internet, o dvd é vendido na loja Sangbon, na rua Olímpio Miranda Júnior, 247, centro. O filme vem com mais dois vídeos na faixa.

  •  

Deixe uma Resposta