• Postado por Tiago

Estou com saudades de 2009! Dos últimos 10 dias! Tenho preguiça de passar manteiga no pão

BUEMBA! BUEMBA! Macaco Simão Urgente! O esculhambador-geral da República! Direto do País da Piada Pronta! Socuerro! Falta muito pro Carnaval? Já estou com saudades de 2009! Principalmente dos últimos 10 dias! Tô com preguiça até de passar manteiga no pão!

E no Clube Cabanga, em Recife, teve o Réveillon Enchanté. E, ao lado, as bichas fizeram um Réveillon chamado BICHANTÉ. Réveillon Bichanté! Então Recife já tem dois réveillons: o Enchanté e o Bichanté!

Rarará! E uma amiga deu tanto no fim de ano que ficou com o apelido de Imigrantes. Ninguém vai para o litoral sem passar por ela! Rarará!

E acabou a gandaia! Depois de comer tudo aquilo, voltamos a comer por quilo. Essa é a melhor definição de volta ao trabalho: voltamos a comer por quilo! E essa é a Semana Nacional da Dieta. Semana Nacional de Fazer Força para a Calça Fechar! Dá três pulos e no terceiro enfia!

E uma pergunta às minhas leitoras: entraram ou foram entradas? Rarará! E as previsões para 2010: a Dilma vai ser presidente e a Argentina vai ganhar a Copa! Rarará!

E depois da virada, todo mundo se virando. Pra pagar as contas! Pra pagar os fogos. Chegou a conta dos fogos. Vocês pensam que os fogos são de graça? Já vêm embutidos nos impostos. Sabe aquela estrelona roxa que você achou linda explodindo no céu? É o IPTU! Rarará!

Depois do espetáculo pirotécnico vem o espetáculo fiscotécnico. Começou o ano fiscal: IPVA, IPTU, IR, IH… ME FERREI! Rarará. É o IMF: Ih Me Ferrei! E sabe por que tributo se chama tributo? Porque vem de três em três. É um inferno. Um inferno fiscal!

Ai, que saudades daquela leitoa que a gente comeu. Do focinho ao rabicó! IPVA quer dizer Imposto Para Vários Amigos. Tem que fazer vaquinha. IPVAquinha! É mole? É mole, mas sobe. Ou como disse aquele outro: é mole, mas trisca pra ver o que acontece.

Antitucanês Reloaded, a Missão. Continuo com a minha heroica e mesopotâmica campanha ‘Morte ao Tucanês’. É que em Itupeva, no interior de São Paulo, tem uma oficina de consertos chamada Casa das Roçadeiras. Deve ser um inferninho só de sapatas. Rarará. Mais direto, impossível. Viva o antitucanês. Viva o Brasil!

E atenção! Cartilha do Lula. O Orélio do Lula. Mais um verbete para o óbvio lulante. ‘Ostracismo’: companheiro que virou uma ostra. O lulês é mais fácil que o ingrêis. Nóis sofre, mas nóis goza. Hoje só amanhã. Vai indo que eu não vou!

Que eu vou pingar o meu colírio alucinógeno!

Feliz Ano Todo!

  •  

Deixe uma Resposta