• Postado por Tiago

Verão bombado tá deixando lojistas rindo à toa

O sol forte e o clima estável foram os principais aliados dos lojistas de Itajaí e Balneário Camboriú neste Natal. É o que afirmam os chefões das câmaras de dirigentes lojistas (CDLs) das duas maiores cidades da foz do rio Itajaí-açu. ?O grande colaborador no aumento das vendas não foi nem a economia, foi o tempo?, afirma Altamir Osni Teixeira, presidente da CDL de Balneário Camboriú. ?O tempo realmente nos ajudou e com isso o dezembro de Itajaí voltou a ser aquele dezembro normal?, reforça José Dada, da CDL de Itajaí.

Somente em janeiro os técnicos das câmaras de dirigentes lojistas terão a ideia exata do quanto foi vendido no comércio varejista durante o Natal. Mas, para Altamir Teixeira, a expectativa de um crescimento de 15% nas vendas em relação ao Natal passado parece ter se confirmado. ?Tenho conversado com os demais lojistas e, comparado com o ano passado, este ano o movimento do comércio está muito bom.

O chefão da CDL da Maravilha do Atlântico diz que a chegada antecipada dos turistas ajudou na bombada das vendas de Natal. ?A gente percebeu que o turista veio antes do Natal e com o tempo colaborando as pessoas permanecem aqui e gastam mais no comércio local?, analisa.

O segmento que mais teria se dado bem nesse Natal, avalia Altamir, foi o de pequenos presentes. ?Em especial os importados. Aquele vinho, panetone ou uísque que as pessoas compram pra montar a cesta de Natal?, diz.

Presentes simples e baratos também são apontados por José Dada, da CDL peixeira como os produtos que mais venderam nesse Natal. ?No ano passado, por causa da enchente, o setor de móveis e eletrodomésticos lavou a égua. Agora foram os presentes. A camiseta pra um, o chinelo pra outro?, diz Dada.

O dirigente lojista de Itajaí prefere não falar em números ou percentuais. Mas afirma que o Natal foi gordo para os comerciantes peixeiros, principalmente, diz ele, para o setor de confecção.

CDL sorteia hoje carango zero

Os dirigentes do CDL de Itajaí fazem hoje o sorteio de um carango zero bala e de 20 vales-compra no valor de R$ 250 cada um deles. O possante é um celtinha branco, de mil cilindradas, do tipo básico.

O sorteio rola ao meio dia, no jornal da TV Brasil Esperança, que pega no canal 21 da TV aberta. ?Assim que tivermos o ganhador do carro, vamos telefonar para ele vir buscar seu prêmio?, diz José Dada, todo exibido.

A promoção rola desde início do ano, bombada sempre nas datas em que o comércio mais vende, como no dia Internacional da Mulher, das Mães, dos Pais e das Crianças. A cada R$ 30 reais que o consumidor gastou, um cupom podia ser depositado numa das urnas instaladas nas mais de 500 lojas que integraram o esquema de sorteio da CDL. Em cada uma das datas, foram distribuídos 20 vales-compra. Somente agora no Natal é que, além dos vales, o carango zero também é colocado na jogada.

  •  

Deixe uma Resposta