• Postado por Tiago

CAPA-ABRE---rio-fabricio-itapema---foto-felipe-vt-02

Rio Fabrício transborda com qualquer chuvinha

O pessoal que sofre com as enchentes em Itapema e tá contando com a graninha que a prefa recebeu do governo federal pra dar fim nos aguaceiros, vai ter que esperar sentado. O projeto de macrodrenagem ainda tá em fase de estudos e o início das obras tá previsto só pro final do ano que vem. Os abobrões calculam que a obra vai demorar quatro anos pra ficar pronta.

Em maio, o prefeito Sabino Bussanello (PT) ganhou de presente do presidente e coleguinha de partido, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), mais de R$ 41 milhões pra acabar com as enchentes na city. O pessoal que mora em bairros como o Canto da Praia, que alaga cada vez que São Pedro resolve abrir as torneiras, tá contando com a grana pra tirar o pé da água.

É o caso de Sara Souza, 21 anos, que tem uma loja pertinho do rio Fabrício, que corta o Canto da Praia e inunda a cada chuvinha. ?Quando chove a gente fica ilhado. Entra em casa, comércio, tudo. Ninguém consegue passar na rua?, conta.

O advogado Raulino Campos, 47, que também mora perto do rio, não entende por que rolam as inundações. ?Não deveria acontecer, porque estamos a 50 metros do mar. O nosso problema é a vazão, pois desce muita água que vem da BR-101?, acredita. Ele acha que o bairro tem que ser incluído no plano de macrodrenagem. ?O que a gente quer saber é se o rio também vai fazer parte do projeto?, diz.

Vai, mas demora

O diretor da secretaria de gestão urbana, Paulo Pereira, garantiu que o rio Fabrício também vai entrar na dança da drenagem. ?Vai cobrir todo o território?, comentou. O problema é que a solução não é pra já.

Uma equipe de barnabés e técnicos contratados pela prefa tá fazendo o mapeamento de toda a city. ?É um levantamento das áreas de enchente, quais são os rios, e pra que lado a água corre?, explicou Paulo. O pessoal também tá visitando outras cidades onde foram implantados esquemas parecidos, pra não errar a mão. ?É muito complexo?, disse o abobrão.

Só depois que todo o trampo estiver pronto, é que as obras vão começar. A prefa tem até o final de 2010 pra iniciar o serviço, e a previsão é de que esteja tudo pronto depois de quatro anos. ?A intenção é acabar com o problema nas áreas mais altas. Nas mais baixas, vamos tentar minimizar?, garantiu Paulo.

  •  

Deixe uma Resposta