• Postado por Tiago

INTERNA-CANTO-PAG-22---MatheusNavarro2_FotoBasilioRuy

Matheus vai atrás do primeiro lugar nas duas etapas

Tudo indica que a praia da Vila, em Imbituba, terá altas ondas a partir de hoje pra realização do circuito catarinense amador de surfe. As disputas já começam em alto nível, às 11h, com as semifinais da quarta etapa, que rolou em Barra Velha mas teve suas últimas baterias transferidas pro sul do estado por falta de ondas. Em seguida, já começam as primeiras disputas da quinta etapa. E a galera barriga-verde deverá mostrar todo seu desempenho em ondas de gala, caso a previsão de ondas se confirme. Tão dizendo até que as ondas serão maiores do que as do WCT, que rolou no começo de julho, também na Vila.

O sempre favorito pra faturar as categorias júnior e mirim é Matheus Navarro, de Balneário Camboriú. O carinha é tão phoda que lidera os dois rankings. Ele tem 2539 pontos na júnior e 2800 na mirim. Pra completar, Matheus já entra na água hoje mesmo, porque ele tá na semifinal da quarta etapa das duas categorias. ?Tô confiante pra ganhar as duas etapas, se Deus quiser. Tem previsão de onda grande pra hoje e tenho que tá preparado pra qualquer situação?, diz.

O segredo de Matheus é um treinamento diário que ele tem com o seu técnico, Jorge Godói. ?A gente faz yoga, musculação, tudo num centro de treinamento que tem na casa dele. Além, é claro, de surfar todo dia na praia Brava?, finaliza.

Já na open, quem manda é o surfista de Itajaí Jonatan Busetti, de 18 anos. Ele é o primeirão no ranking com 2182 pontos e promete arrebentar na Vila. ?Vou pra Imbituba pra ganhar mais um título pra Itajaí?, diz o peixeiro, que ficou de fora da semifinal da última etapa e só cai na água amanhã, pra quinta etapa. Sabendo que pode rolar altas ondas, Jonatan vai preparado. ?Vai tá grande amanhã. Vou com uma prancha maior até, e mais duas do dia-a-dia?, conta.

Mais dindim

A Federação Catarinense de Surfe diz que o esporte tá crescendo no estado e se tornando alvo de empresas dos mais variados ramos de atividade. Prova disso são as estreias de duas novas marcas no circuito: a Onik, empresa de equipamentos aquáticos e acessórios de neoprene, e a Cobra D?Água, que fabrica roupas pra galera do surfe ficar chiquetosa.

  •  

Deixe uma Resposta