• Postado por Tiago

apresentacao jogadores avai

Jogadores treinam sem saber ao certo quem vai pro jogo no Avaí

O sábado de futebol será animado em Floripa, com o jogo entre Avaí e Chapecoense, válido pela terceira rodada do Catarinão. Os dois finalistas do ano passado se encaram a partir das 17h, no estádio da Ressacada. No domingo, na Arena em Joinville, o Figueira tenta se recuperar da derrota pro Brusque.

No treino de sexta-feira, o técnico Péricles Chamusca acabou não confirmando a formação do Leão. As baixas do meia Caio, do zagueiro Gabriel e do atacante Cristian influenciaram na decisão. A boa nova foi a liberação da documentação de Sávio. Ele já tá regularizado, mas garante que ainda não tem condições de ir a campo.

?Continuo com os treinamentos, tentando aprimorar o máximo a parte física. A pré-temporada em Gramado foi positiva. Mas a questão de ritmo de jogo e treino com bola vai faltar e tenho que ir pegando. O técnico está fazendo o melhor possível para montar o time e dentro disso eu vou me encaixar?, diz a principal estrela do time pra essa temporada.

Sávio não esconde a ansiedade pela estreia. Afastado dos gramados há seis meses, o jogador diz que tá com fome de bola. ?Depois de só treino físico e pouca bola rola a ansiedade para você entrar em campo e fazer o seu melhor. O que tenho é que me controlar pra não levar essa ansiedade pras partidas e me precipitar?, acrescenta Sávio, deixando de lado toda a fofocaiada que rolou ontem, de que ele estrearia com a camisa do Avaí.

Após o treino de ontem à tarde o grupo entrou em concentração num hotel no centro de Floripa. Com a ida de Caio e Cristian pro departamento médico, Chamusca deve optar por Leonardo e Roberto. ?Início de campeonato é tumultuado. A pré-temporada exige dos jogadores. As lesões são normais, são a resposta dos indivíduos à atividade física?, garante o médico avaiano Luis Fernando Funchal.

A provável formação da equipe deve ter: Zé Carlos; Emerson, Rafael e Emerson Nunes; Patrick, Rudnei, Davi, Uendel e Eltinho; Roberto e Leonardo

Príncipe destronado

Os jogadores do Figueira se reapresentaram ontem à tarde. A turma ainda tava meio indignada com a arbitragem, principalmente pela anulação do gol do Alvinegro no primeiro tempo da partida contra o Brusque. Com a derrota por 2 a 1, o Figueira acabou caindo pra quarto lugar e agora precisa reverter a situação na Terra das Bailarinas.

O técnico Renê Weber deve confirmar no treino de hoje a formação que vai encarar o JEC. O grupo faz um rachão no centro de treinamento do Cambirela, em Palhoça, e segue pra Joinville.

A novidade é a liberação da documentação do zagueiro Kadu. ?Fiquei chateado pela demora da documentação. Agora é trabalhar para garantir a vaga. Mas já vi no primeiro jogo em casa que a torcida empolga e eu vou dar o meu melhor aqui no Figueirense?, disse o jogador ontem.

O meia Fernandes, que deveria ter estreado no jogo de quinta-feira contra a marrecada, mas ainda não tem condições de jogo. O problema é uma lesão no joelho, que ele trata desde o final do ano passado.

A formação do time não deve ser alterada. Weber deve mexer no decorrer do jogo. Com isso, o Figueira começará o confronto com: Wilson; Lucas, João Felipe, Roger Carvalho e João Paulo; Jeovânio, Coutinho, Ernane, Maicon e Marquinho; e Júnior Negrão.

  •  

Deixe uma Resposta