• 01 fev 2010
  • Postado por Tiago

CONTRA---s---bragantino-x-figueirense---goleiro-wilson-foto-rubens-flores-11ago09-(1)

Figueira perde em Blumenau e Wilson evita goleada

O Figueirense foi até Blumenau enfrentar o Metropolitano e voltou pra casa com mais uma derrota na bagagem. O fiasco foi tão grande que, se não fosse o goleiro Wilson, o Alvinegro manezinho poderia ter sido goleado na terra dos alemóns. Com a vitória, o Metrô entrou no G4, mas ainda depende do resultado do jogo entre Avaí e Imbituba, que rola hoje na Ressacada, pra saber se vai continuar na zona de classificação até o meio da semana.

O jogo não podia começar pior pro Figueira. A torcida não tinha nem esquentado a bunda na arquibancada quando o argentino Mariano Trípode mandou a bola de cabeça pro fundo das redes do goleiro alvinegro: Metro 1 a 0.

Depois de se recuperar do susto, o Figueirense levou pelo menos uns 20 minutos pra se dar conta que o jogo já tinha começado. Numa cobrança de falta, Júnior Negrão desperdiçou a primeira chance do time manezinho. Três minutos depois, João Filipe cabeceou e o goleiro do Metrô mandou pela linha de fundo.

Aos 37 foi a vez de João Paulo arriscar um chute de fora da área ,que também parou nas mãos do goleiro do time de Blumenau. Um minuto depois, Jean Carioca cruzou pra área e Júnior Negrão apareceu de peixinho, mas mandou a bola pra fora. A mesma coisa aconteceu aos 41, quando Douglas invadiu a área, mas mandou a bola longe do gol.

Já nos descontos da primeira etapa, Wilson salvou o Figueira de tomar o segundo gol. Depois de um bate-rebate dentro da área, a sobra ficou com o jogador Kau, do Metropolitano, que mandou pro gol de cabeça. Wilson se esticou e mandou a bola pra escanteio

O início do segundo tempo quase foi um repeteco do começo do jogo. Antes de o relógio marcar um minuto, Kau apareceu sozinho na área do Figueira e mandou a bola de cabeça. Wilson apareceu mais uma vez pra salvar o Alvinegro.

Aos 9 minutos, quem chegou com perigo pelo Metropolitano foi Cristiano. Ele mandou uma bomba de longe, Wilson deu rebote, mas conseguiu catar a bola antes da chegada do ataque blumenauense.

Roberto Firmino, que tinha acabado de entrar no Figueira, também perdeu o seu gol aos 14 minutos. Ele tabelou com Júnior Negrão e, de frente pro gol, mandou a bola pra fora. A reposta do Metrô veio aos 20, com mariano Trípode, tabelando e chegando livre pra chutar. Wilson salvou mais uma pros manezinhos.

Aos 33, o Figueira chegou novamente com perigo. Marquinho recebeu passe de Júnior Negrão e mandou um balaço, tirando tinta da trave. Seis minutos depois, foi a vez de Marquinho dar um passe açucarado para Júnior Negrão, que mandou mais uma pra fora.

Com o resultado, o Figueira continua na oitava posição da tabela do Catarinão e volta a campo na quinta-feira para o clássico contra o Avaí, no Orlando Scarpelli. No mesmo dia, o Metropolitano encara o Joinville no clássico do chucrute, na Arena Joinville.

Marrecada com a corda toda

Quem se deu bem neste fim de semana foi o Brusque, que venceu a Chapecoense no estádio Índio Condá por 3 a 2. Têti marcou o primeiro dos brusquenses aos 12 minutos e Valdo ampliou a vantagem aos 37. O Verdão do Oeste descontou com Luís André aos 41, mas o Brusque chegou ao terceiro antes do intervalo, com Valmir. No segundo tempo, Neném marcou aos 14 minutos para a Chapecoense e deu números finais à partida.

  •  

Deixe uma Resposta