• Postado por Tiago

Depois de o DIARINHO publicar, na terça-feira, que os troféus das conquistas da copa Santa Catarina e da recopa Sul-Brasileira de 2007 – os dois últimos títulos do Marcílio Dias – não estavam mais na sala de troféus do clube, no estádio Dr. Hercílio Luz, o rolo teve fim e as taças enfim retornaram ao Gigantão das Avenidas.

As duas estavam, desde maio, com o conselheiro do clube Flávio Roberto de Oliveira, filho do ex-presidente da comissão fiscal do clube, Jânio Flávio de Oliveira, que disse que só devolveria as taças depois que o ex-presidente do clube, Carlos Crispim, deixasse o cargo. Com Crispim fora, mesmo depois de um certo tempo, o conselheiro cumpriu a promessa e os troféus tão de volta ao local de onde nunca deveriam ter saído, no estádio do Marinheiro.

O presidente Abelardo Lunardelli conta que Flávio devolveu as taças pessoalmente, numa conversa que durou 20 minutos. “Foi um bom papo, uma conversa muito boa. De certa forma ele se desculpou, disse que cumpriu um papel que não cabia a ele, mas o fez para ajudar. Agradeci a ele, que se propôs a ajudar também. Ele é um cara legal”, diz Abelardo, que também admitiu a importância que a reportagem do DIARINHO teve no caso.

  •  

Deixe uma Resposta