• Postado por Tiago

Algumas pessoas que estão desempregadas perdem a esperança nessa época de final de ano quando muitas empresas até chamam para processos seletivos, mas a maioria para início somente em janeiro. Por conta dessa desesperança, alguns candidatos podem perder ótimas oportunidades porque acabam não dando muito valor aos chamados para processos seletivos e muitas vezes nem comparecem para as entrevistas.

Perdem porque algumas empresas não fazem férias coletivas e precisam realmente contratar para início ainda este ano. Perdem porque algumas oportunidades de emprego temporário surgem nessa época e podem se tornar emprego fixo após a temporada e porque não deixam uma boa imagem perante a empresa que chamou para o processo e não compareceu.

Nessa época, ao contrário do que muitas pessoas pensam, abrem-se muitas vagas, principalmente temporárias. Claro que não é o ideal para alguém que está precisando de um emprego, mas pode ser a porta de entrada para o mercado. Primeiro, porque adquire-se mais experiência. Depois, porque a vaga pode ser temporária, mas se você desempenhar bem o seu papel há grandes chances de você conseguir se manter na empresa ou mesmo ser indicado para outra oportunidade por seus colegas de trabalho e chefes.

Dessa forma, quem está à procura de um emprego precisa valorizar cada uma das oportunidades que surgem, demonstrar que está interessado em trabalhar e valorizar mesmo as vagas temporárias, que podem lhe ajudar a passar alguns meses mais tranquilos financeiramente e abrir portas para novas oportunidades.

Taísa da Silva Cassol é psicóloga clínica e organizacional – CRP 12/06288

[taisapsico@gmail.com]

Para conseguir um emprego aí vão algumas dicas

Redija um currículo bem feito. Tome cuidado com erros de português e com a formatação. Coloque informações completas, mas não precisa exagerar. Bastam seus dados pessoais, escolaridade, cursos e experiências profissionais

Lembre-se que está à procura de emprego, então se divulgou e-mail no currículo verifique-o com frequência

Ao atender ao telefone lembre-se de fazê-lo de maneira educada, afinal você não sabe quem está do outro lado da linha. Pode ser uma oportunidade de emprego

Compareça no horário marcado

Na entrevista, seja sincero em suas respostas, demonstre interesse pela vaga

LEITOR NO DIVÃ

A.J.C., 30 anos – Gostaria de tirar férias, porém sempre que faço isso quando volto está tudo desorganizado, preciso basicamente refazer as coisas, conferir o que foi feito e acabo me estressando por isso. No final das contas passo as férias pensando no pepino que vou enfrentar quando voltar. Já conversei com meu chefe e todos os anos ele me diz que será diferente, mas já sei que não será. O que eu posso fazer pra que as férias sejam mais tranquilas?

Taísa – O melhor a fazer é conversar seriamente com seu chefe e se dispor a ensinar alguém durante 15, 20 ou talvez 30 dias para que desempenhe corretamente a função durante suas férias. Organize com antecedência, explique que como foi nos outros anos e que desse jeito prejudica o andamento do trabalho e há até mesmo riscos para a empresa.

  •  

Deixe uma Resposta