• Postado por Tiago

Uma muié ganhou pulseirinhas de aço ontem de manhã, depois de ter tentado pagar a conta numa padoca de Balneário Camboriú com dinheiro fajuto. Quando a atendente do caixa percebeu a falcatrua e disse que não iria aceitar a bufunfa, a golpista sentou o sarrafo na coitada e tentou fugir, mas acabou nas garras dos meganhas.

A treta rolou pouco antes das 8h da matina, na avenida Brasil. Marisol Trabache, 35 anos, entrou na padaria e encheu a pança com um croquete e um pingado. Na hora de pagar pelo lanchinho, passou uma nota falsa de 100 pilas pra funcionária que trampa no caixa. A moçoila, que de boba não tem nada, percebeu na hora que o dinheiro era fajuto e disse que não poderia aceitar a grana.

Pelo jeito, deve ter baixado a pombajira na Marisol. Injuriada, a doida partiu pra cima da atendente e foi puxão de cabelo e arranhões pra todo lado. Quando se sentiu vingada, a mulambenta passou a mão grande em três barras de chocolate e tentou fugir da padoca.

Ela só não imaginava que um bizolhudo de plantão já tinha avisado à puliça sobre o barraco. Mal botou os pés na rua, os meganhas pintaram na área e lascaram o teje preso. Pra completar seu showzinho, a esquentadinha ainda descarregou uma coleção inteira de nomes feios pra cima dos fardados, que mandaram a muié lavar a boca com sabão e a levaram pra delegacia de carona na baratinha. Marisol teve um plá com o delegado, e ganhou uma vaguinha no xilindró da Maravilha do Atlântico.

  •  

Deixe uma Resposta